Book Trailer #13

Olá galera.O BT desta semana sera de um nacional,que eu em especial,tenho uma paixonite pela capa.Que é simplesmente LINDA!Bom o livro do qual estou falando é o HIBRIDA da autora Mari Scott.Ainda não li o livro,mas...ele esta já na minha lista para ler(e vou lhes dizer.O coloquei na frente de muitos que deveriam ser lidos antes.Hahahahahahaha).Mas não estamos aqui para falar de minhas artimanhas,não é!

Capa do livro






E ai o que acharam do BT?Eu gostei bastante!

Beijokas para quem fica...

2

Capa x Capa #16


Hello Guys!Olha o capa x capa de hoje para mim é especial.Sim porque sempre estive encantada por este livro e estou loucamente,louca para ter ele desde o lançamento.Então quando eu - buscando na net - as capas e achei diversas que me fizeram somente ficar mais encantada.Decidi fazer esta coluna de hoje sobre ele.
Vamos lá!





Nossa confesso que já amava a capa nacional,mas com estas outras...Simplesmente me apaixonei. Hahahahahahaha
E vocês já leram?O que acharam das capas?Quais delas vocês escolhem?Não esqueça que a opinião e comentários de vocês é muito importante!
Agora vou lá.Até a próxima pessoal.

Beijokas para quem fica...

9

O Fantasma da Ópera


"The Phaaaaaaaaanton of Opera is theeere... Inside your mind!"

Salve, salve, leitores! Eu estou no êxtase para fazer essa postagem! A adaptação que trago hoje é de O Fantasma da Ópera - Gaston Leroux! Talvez alguns possam conhecer, pois é um livro, peça e agora filme muito conhecidos. Porém o filme é de uma grandeza tão grande que chega a ser até mais emocionante que o livro (sim, acreditem).

Eu não chequei a genuinidade, mas alguns portais literários da internet dizem que essa história é baseada em fatos reais. Como não há credibilidade nenhuma desses sites, prefiro não afirmar a vocês. Mas não há nada de anormal na história, e não ficaria surpreso se tudo aconteceu realmente.

Erik Mulheim é um homem que possui o rosto deformado de nascença. A parte direita de sua face é pendida para baixo, e segundo a descrição do livro, parecia que a pele fora derretida ou que parecia cera derretida. Para ter noção de como era terrível a coisa. Erik ficou escondido nas mais profundas cavernas de um teatro de ópera de Paris. Lá ele ouve a voz de Christine Daae, uma donzela com seus 15 anos aproximadamente e uma voz encantadora.

Erik passa a ser o tutor de Christine, mesmo sem revelar o rosto. Ela ia até as instalações profundas e desconhecidas do teatro e ele a ensina as técnicas vocais, mas sem nem aparecer. Ele só aparece no meio da história, quando Raoul, amor de infância de Christine, chega para atrapalhar tudo, rs. O fantasma luta pela sua aluna (que em tal ponto já conquistou reconhecimento notável como uma das melhores cantoras de ópera da Europa).

Em todas as suas aparições, ele oculta o rosto com uma máscara. Sua face só é revelada no final.


Não li o livro inteiro, tenho que confessar. Mas muitas resenhas e o achei muito bom. Houveram várias adaptações, porém a última foi a de 2.004. Um longa-metragem de 2 horas e 12 minutos de filme. O emocionante da adaptação é que os produtores utilizaram muito o termo "ópera". Digamos que cerca de 90% dos diálogos do filme são feitos em forma de canções. Mas não são meras canções, são simplesmente óperas, com tudo o que tem direito.

Os atores não dublaram, todas as vozes cantadas foram emitidas pelos próprios. E as músicas são tão marcantes que me emocionaram demais! Fazia muito tempo que eu não escutava uma música para me emocionar tanto como "The Phanton of Opera", que Christine e Erik cantam enquanto descem para as profundezas do teatro. Fora os duetos, que são de encher os olhos! Para quem gosta de música, independente de qual estilo, o filme é muito bom.

Quando eu digo que os diálogos são cantados, não significa que o filme é igual Backyardigans não, ok? Por favor, jamais criem essa associação.

Veja abaixo o tema de "O Fantasma da Ópera". Essa é uma cena do filme, aquela que eu mencionei que eles descem até o nível mais baixo do teatro. Olha, se você está lendo essa postagem, por favor, eu ROGO, que você assista o vídeo e veja que não é pouca coisa:


Durante o festival de gala do 50º aniversário de Andrew L. Webber realizado no Salão Royal Albert, simplesmente Antonio Banderas e Sarah Brightman cantaram o tema de "O Fantasma da Ópera" orquestrado ao vivo! Não pude deixar de me arrepiar quando vi esse vídeo e olhem que o Antonio Banderas canta muito, muito bem. Confiram:





[spoiler]A gente conclui que o livro é um romance romântico (não, não é pleonasmo) porque Erik sequestra Christine e a mantém lá em baixo, em sua habitação. Porém Raoul vai atrás da sua amada. Os dois lutam, mas não há nenhum vencedor. O que acontece é que Christine rejeita Erik, não pela sua feiura, mas pelo monstro que ele se tornou por dentro. Então nosso fantasma a deixa ir embora com Raoul e faz apenas um pedido: que quando morrer, quer ser enterrado com o anel que ele deu para ela. Três semanas depois ele vem a óbito. Apenas o seu esqueleto é encontrado na profundidade do teatro, com o mesmo anel ao seu lado, mostrando que Christine cumpriu a promessa.[/spoiler]

O escritor Frederick Forsyth escreveu a continuação desse livro. Sua obra foi publicada em 1.999 e possui o título O Fantasma de Manhattan. Eu já li e fiz resenha, clique aqui para conferir.

Clique aqui e assista o filme completo de O Fantasma da Ópera através do YouTube.



5

Lançamentos - Editora Gente e Única

Hello Guys, vamos conferir os lançamentos que estão por vir!?


“Este livro extraordinário demonstra que você não precisa gritar para ter voz e ser ouvido.” Susan Cain, autora de O Poder dos Quietos Qualquer pessoa que desempenha um papel, seja ele profissional ou pessoal, precisa influenciar as outras em diversos momentos. E virou ponto comum que grandes influenciadores tomam o centro do palco, conseguem se vender, falam mais alto e são ouvidos pela sua eloquência. Mas nesse mundo em que a extroversão e as aparências parecem governar, os introvertidos acabam sentindo como se não houvesse espaço para as suas vozes. Como influenciar, convencer pessoas e vender ideias quando somos quietos? Quando o lado da vida no qual estamos mais confortáveis é o interior? É aí que entra Jennifer Kahnweiler, que traz as provas de que existe mais de uma maneira de ser influente. A autora mostra como os introvertidos podem ser influenciadores altamente eficientes quando, em vez de tentar agir como extrovertidos, usam suas forças naturais para fazer a diferença.


Os segredos para conquistar clientes! É uma unanimidade: não existe profissão mais competitiva do que a de vendedor. Conquistar clientes, saber suas necessidades, conseguir se destacar da concorrência e bater metas fazem com que vender seja uma atividade difícil, mas é a alma de qualquer negócio. Neste livro, Stephan Schiffman passa todo o caminho das pedras. Entenda como fazer vendas por telefone e por e-mail, como conseguir marcar reuniões e acompanhamentos com os clientes – e o melhor, como reverter um “não”, transformando-o em uma grande vitória. Depois de treinar mais de 500 mil profissionais de vendas ao longo de trinta anos, o autor descobriu 75 técnicas infalíveis e práticas para fechar vendas frequentes e bater metas com alta performance, construindo uma carteira de clientes sólida. Com as lições rápidas e certeiras de Schiffman, consiga desenvolver o maior tesouro dos tempos atuais: o poder de persuasão em vendas.



Acordar uma princesa pode ser letal. Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos! Quando um príncipe mimado é enviado pelo seu pai para tentar desvendar os mistérios de um reino perdido, ninguém imagina os perigos que ele encontrará pela frente! Acompanhado da figura sóbria e sagaz do Caçador e de Petra, uma jovem valente que possui uma ligação muito forte com a floresta, o príncipe acaba encontrando um reino adormecido por uma estranha magia. Todos os seres vivos foram cercados pela densa mata e estão dormindo, em um sono pesado demais, que só poderia vir da magia. Mas que tipo de bruxaria assolaria uma cidade inteira e seus habitantes? E, principalmente, quem faria mal a uma jovem rainha tão boa e tão bela? A não ser, claro, que os olhos não percebam o que um coração cruel pode esconder... Poder é o terceiro volume da trilogia Encantadas, e traz como história principal o conto da Bela Adormecida. Porém, esqueça os clichês tradicionais e se entregue a uma nova visão dos contos de fadas, em que heróis e anti-heróis precisam se unir para não perecerem à beleza superficial de princesas e rainhas egocêntricas e aos príncipes em busca de aventuras.





Lucie Walker não se lembra de quem é ou como foi parar nas águas geladas da Baía de São Francisco. Encaminhada para uma clínica psiquiátrica, ela aguarda até que um homem chega afirmando ser seu noivo. Entretanto, com seu retorno para casa, essa mulher sem memória vai tomando conhecimento de sua personalidade antes do acidente, da pessoa controladora, fria e sem vida que era, e dos segredos da infância e da família, assim como da situação do noivado e dos mistérios que podem ter provocado o acidente. Será que ela quer isso de volta? Será que essa nova Lucie conseguirá manter o amor por Grady, ou a oportunidade de recomeçar será sua salvação? Intenso, franco e incrivelmente emocionante, Enquanto eu te esquecia é um livro delicado, que nos questiona sobre a maneira que vivemos e nos lembra que sempre temos uma nova chance de ser feliz.



Em especial devo ressaltar a vocês que a capa do livro Poder, o terceiro livros da Saga Encantadas esta simplesmente um máximo! Estou super ansiosa para acompanhar esta saga.
Outra coisinha o livro "Enquanto Eu Te Esquecia" tem uma sinopse bem instigante não é? Dá uma vontade imensa de ler o livro e descobrir. Bom espero poder ter a oportunidade de ler e trazer relatos sobre este livro.
Enquanto isso, ficarei no aguardo. Espero que vocês tenham gostado dos lançamentos. Não deixem de comentar, hei!

Beijokas Para quem fica...


0

[Conto] Inexplicável 2º Capitulo

Inexplicável


Por Ana Zuky

2º Capitulo

- Você espere aqui – lhe mostrei o sofá – Enquanto vou ao quarto de hospedes buscar... – Olhei tal situação em que ele se encontrava Como pode alguém ser tão lindo assim? a pergunta que não queria calar. Tinha que parar de pensar, até parecia um velha na seca. – algo para você se vestir.
Caminhei para o oposto da sala, indo na direção dos quartos. Dei uma olhada para trás, para ver se ele continuava onde tinha lhe mandado ficar. Acho que a curiosidade sobre a casa o tinha lhe despertado, pois não parava de olhar para todos os lados. Até que seu olhar caiu em mim.  Ops hora de sair, ou ele pensaria algo.
Em frente ao guarda-roupa escancarei as portas. Enquanto vasculhava as roupas, pensava em como eu era uma idiota Serio Bela, como você pode trazer um desconhecido para dentro de sua casa? gostaria de saber porque, pois isso era uma loucura, os meus ticos e tecos estavam a mil  Como poderia, eu, deixar uma criatura daquela na rua e naquele estado. Ali estava, após jogar tudo no chão achei as benditas roupas Bom pelo menos agora vocês terão utilidades. E não mais ocupar espaços. Pensei, e logo um sorriso formou-se em meus lábios. Quem diria Victor, seu imprestável, que suas roupas serviriam para algo, além de ocupar espaço. Entronchei todas as roupas que estavam jogadas dentro do guarda-roupa e me levantei para levar as peças que estavam apoiadas no braço.
- Aiii...-O que estava em meus braços foram arremessados. Como ele pode estar ali ao meu lado parado, sendo que olhei a um segundo atrás e não tinha ninguém. – Quer me matar de susto!
Me apoiei no guarda-roupa, para acalmar meu pequeno coração. Que quase havia enfartado. Acho que se tivesse um coração fraco, teria ido para o submundo do pé junto. Quando comecei a me agachar para pegar as roupas que haviam sido remessadas ao chão por causa do susto, ele rapidamente as recolheu.
- Desculpe, não era minha intenção em assusta-la. – Ele disse de uma forma ingênua, acho que realmente a sua vontade não era essa.
-Tudo bem. Já que você esta aqui vista-se, que vou a cozinha preparar café. Você gosta de café? – Lhe perguntei quando estava saindo.
- Sim, obrigado. - 
Enquanto a cafeteira fazia todo o trabalho. Comecei a preparar uns sanduíches para acompanhar. Quando pensei em gritar para lhe perguntar como ele gostaria que eu prepara-se, estava ele ali, na minha frente - já vestido - Meu bom Deus nunca pensei isso mas...Que manjar dos Deuses é este homem. Meus olhos caíram em todo seu corpo já vestido. Ele trajava a calça jeans, meia desbotada ,com a camisa em gola v. Sim !Poderia dizer que este traje foi feito sob medida para ele - e somente para ele - Ele estava...Maravilhoso!
-Gosta de algo que vê, Bela? – Ele me pergunta com um meio sorriso de canto de boca.
Se gosto. Como gosto! Pensei já em estado de alucinação. Porque diabos estes pensamentos começavam a me invadir. Tá certo que estou sem um homem em minha vida já uns bons anos. Sim, este ser na minha frente é um Deus Grego .E sim ,eu estou na seca de uma boa tórrida noite prazer .Mas estes não seriam tais motivos para meu pensamentos terem vontade própria...ou seriam. Calma lá Bela, vai com calma. Tá pensando o que? Que terá uma noite de eterno prazer. Há mais não vai não. Esta era minha nobre consciência me botando juízo.
Levantei meu rosto ate sua face, e ele estava simplesmente, sorrindo, sim ele estava sorrindo para minha pessoa. Para disfarçar meu constrangimento, me virei e fui ver como estaria o processo lá na cafeteira.
Já de volta com duas xícaras cheias de café. Comecei com as perguntas.
-Então vai me dizer, como você foi parar naquele buraco.- me encostei na cadeira tomando o café e olhando fixamente para ele.
-Vamos dizer que eu...Fui mandado para salvar sua cidade. Você acreditaria?- Sua pergunta foi mais parecido com um sarcasmo do que pergunta.
-Então você esta dizendo, que é algum tipo de Deus, anjo ou sei lá o que. É isso.- coloquei a xícara na mesa e olhei perplexa para ele. Serio que ele agora vai tirar uma com a minha cara. Era só o que me faltava, um estranho dentro da minha casa, sendo um piadista.
-Não, eu não estou mentindo. Realmente fui mandado para salvar sua cidade, que esta sendo atacada por demônios, que estão querendo se provar mais altos do que o próprio SENHOR.
-Espere um momento.- respirei fundo, e tentei raciocinar um pouco sobre sua resposta. Sim, eu estava certa. Ele pode ler meus pensamentos.- Como você consegue isso. Ler meus pensamentos?- Sim eu acho que estou louca. Mais agora, depois da afirmação.
-Este é um dos meus...como posso dizer- ele pensou um pouco -Dom, não é assim que vocês chamam tais habilidades.- Sua seriedade em me responder, me deixou toda arrepiada. Ele estava falando a verdade .Sim ,só poderia .Ele não iria brincar comigo. Não deste jeito.
-Como pode. Eu não consigo entender isso. Serio acho que estou louca. Ou... então morri e não sei disso.- Pensei um pouco sobre estas ultimas palavras ditas.- Sim eu morri, esta ai a explicação.
- Os seres humanos tem mania de não crer no impossível. Não acreditar que realmente exista criaturas do mal na terra. E que anjos possam sim existir. – Ele pegou minha mão que estavam apoiadas no balcão segurando a xícara de café. Fiquei tão perplexa com o que estava ouvindo que nem percebi quando ele levou a minha mão ao seu rosto.
- O que você esta fazendo? – lhe perguntei um tanto assustada.
- Sinta. – ele fez com que a minha mão caminhasse a sua face. – Sou agora de carne e osso. Pode sentir? – Ele me perguntou enquanto continuava a fazer minha mão caminhar. Chacoalhei a cabeça em positivo. – Mas não pode sentir, ou acreditar que eu sou um anjo?
Não isso era algo que estava fora do meu domínio, como poderia acreditar nele, ou ate mesmo no seu senhor, se fui capaz de ver tais atrocidades que acontece na cidade onde moro. Não só aqui, mas sim no mundo inteiro. Se este senhor, que ele mencionou, estava realmente tão preocupado em salvar a cidade, então onde ele estaria quando aconteceu o estrupo e morte daquela garotinha, que tão nova foi assassinada e abusada daquela forma? Lembro-me perfeitamente deste dia, quando fui colher informações para a reportagem. Ela foi tão maltratada, tão judiada, com apenas 8 anos. Sempre que lembrava deste fato, minhas emoções se transformavam. Não conseguia ser a jornalista forte, a sem coração que outros diziam quando sempre estava presente para uma matéria de tal atitude. Era meu trabalho, eu tinha que fazer.
Ele continuava a segurar a minha mão em sua face, e com a outra tocou em meu queixo, para me erguer e assim poder vê-lo. Lagrimas escorriam em silencio quando ele me olhou.
- Sabíamos o que havia acontecido a garotinha, mas não podemos interferir nas escolhas dos humanos. O livre arbítrio foi feito para que os humanos pudessem escolher entre o bem e mal. Quando aconteceu isso, um dos anjos do senhor estava lá, para amparar a alma da garotinha. Estava lá para ajuda-la a enfrentar a tormenta. – Ele levemente enjugou as lagrimas que agora eram mais violentas – Ela agora é um anjo, ela esta lá com o senhor. Todas as crianças são a benção do senhor. Então não fique assim. – Ele me largou ali. Continuei a chorar, já apoiando a cabeça entre os meus braços que se encontravam no balcão. Minha dor era lânguida, era uma dor insuportável, e isto fazia com que meu coração se mantivesse aos pedaços, quebrado.
Não notei quando ele chegou ao meu lado, me fazendo ir ao encontro dele, em um abraço de solidariedade ao meu sofrimento. Agora após este gesto dele, não consegui me conter, o choro agora, era mais forte e aos soluços. Ficamos um tempo ali, não sabia o quanto. Ele voltou a erguer minha cabeça e me olhou com aqueles olhos azuis.
- Seu sofrimento mostra a pessoa que é. E por isso fui encaminhado hoje para cá, para você.
O que ele queria dizer com isso? Se antes estava confusa, agora estou perdida. Não entendo, pois não sou uma pessoa que crê no senhor dele. Já vi tanta desgraça, que desisti de crer em um Deus.
- Não entendo. Como? Não sou uma pessoa religiosa.
- Você acha que não crê. Mas lá em cima conhecemos vocês. Sabemos tudo que se passa em seus corações. Quando fui encaminhado para esta missão, eu sabia que a única pessoa de coração bom que me ajudaria, era você. – Ele enxugou as lagrimas que permaneciam ali – Acredite quando digo, você é a pessoa mais bondosa e de um coração inegável.
Me desvencilhei de seu abraço. Enquanto ele me abraçava algo em mim despertou, o calor de seu corpo me fez ter calafrios que corriam meu corpo. O seu toque me fez desejar mais, me fez ter desejo. Que pessoa eu seria. Como ele pode dizer de meu coração. Não sou este tipo de pessoa. Se fosse tudo que ele dizia, porquê o estava desejando?
Corri para a pia, lá comecei uma sessão de jogadas de água em meu rosto e nuca. Tinha que tirar este desejo, esta luxuria de minha carne. Se ele fosse mesmo o que dizia ser  Não, Bela pare. Tire isso da sua cabeça agora!
- Me diga, como você pode ser um anjo de carne e osso? Não entendo, pois até onde sei anjos tem asas, anjos são celestiais, não podem se mostrar.- Continuei com a sessão de jogar água. Não me atrevi a olhar ele, pois sabia que me entregaria, e não conseguiria encara-lo.
- Nos transformamos em carne e osso quando se é necessário, quando a uma missão que tenhamos que cumprir. – ele tentou se aproximar de mim. Apenas estiquei a mão para que ele se afastasse.
Ele não reclamou ou falou algo. Olhei de lado, apenas virando o mínimo de minha cabeça para ver onde ele estaria indo. Ele voltou a se sentar na baqueta doutro lado do balcão. Quanto me senti mais saciada e fazendo o meu desejo sumir, me ergui da pia e peguei o pano logo acima para me enxugar.
- Que tipo de missão é essa? A qual você veio. – Lhe perguntei encostada na pia.
Ele mexia na xícara, olhando-a atentamente, não sabia se pensava em algo, ou uma resposta para me dar. Mas já estava começando a ficar com medo. Mas não era dele, ele me fazia se sentir segura de uma forma que nunca pensei que me sentiria. Algo em mim me dizia que ele não me faria mal algum. Não conseguia entender direito isso, o medo que sentia era de mim, não conseguia entender o porque daquele desejo súbito que senti quando o olhei. O meu corpo começou a responder de uma maneira estranha, comecei a sentir calor, comichão entre as pernas e juro que se não o largasse acho que sentiria pela primeira vez um orgasmo sem toque. Seria isso possível? Minha consciência me perguntava, estava tão bem sem me atrever a ter estes tipos de pensamentos, que foi pensar nele e na forma em que me senti que ela voltava a ter vida própria.
Cheguei perto do balcão, mas não me aproximei muito, não tinha muita fé em mim mesma. Achei que ali seria um distancia ótima para não fazer o meu corpo se sentir daquela forma.
- Por enquanto não tenho muita coisa para fazer, apenas buscar provas. Se caso estiver realmente acontecendo o que imaginamos, serei obrigado a relatar ao meu superior e chamar reforços. – Ele disse cabisbaixa.
Não estava entendendo, entendi uma missão, sobre demônios, mas não conseguia entender exatamente por que ele estava cabisbaixa e parecendo envergonhado.
Voltei a cafeteira e peguei um novo café, pois aquele que havia me servido esta gelado. Tomei uns goles, e voltei a olhar ele. Continuava da mesma forma.
- Por que você esta cabisbaixa? Parece envergonhado. Aconteceu algo?
Ele não me respondeu nada continuou em silencio e da mesma forma. Será que ele sentiu ou soube do que aconteceu comigo? O Céus, que vergonha.
- Você quer um lugar para ficar? – lhe perguntei enquanto ia ate a pia deixar a xícara e tentar mudar de assunto.
- Não tem mais medo de mim? – ele voltou a me olhar, porem notei que seus olhos não chegavam aos meus.
- Pode parecer estranho, mas realmente não tenho medo de você. Desde que o vi lá – estiquei o braço para gesticular o buraco – Não senti medo em nenhum momento. Apenas ... – deixei o assunto morrer ali. Realmente não senti nenhum medo dele. Mas não poderia dizer ou sei lá o que. Meu instinto é esse, desconfiar mesmo quando não há nada o que temer.
- Obrigado. – agora ele voltou a me olhar. Eu acho que estou ficando louca, não consigo entender. Mas quando ele me olha assim, é como se eu o conhecesse já, como se já o tivesse em meus braços. Ele me parecia familiar. Chacoalhei a cabeça novamente para desvencilhar os meus pensamentos.
- Venha, vou lhe mostrar seu quarto. – caminhei para fora da cozinha e voltei ao quarto de hospedes. Comecei arrumar a cama, colocando um lençol limpo e um edredom, caso ele quisesse se cobrir. – Pronto. A cama já esta arrumada, este será seu quarto.
O olhei encostado no canto da porta, me esperando arrumar a cama. Ele me observava de uma forma estranha, parecia que queria me dizer algo. Me virei e voltei a porta do quarto.
- O meu quarto é o do lado – apontei para a porta ao lado fechada. – Se precisar de algo bata que eu levantarei. – comecei a caminhar para a cozinha par desligar  a cafeteira e a luz e ir dormi, quando me lembrei – O banheiro e naquela porta. – apontei a única porta que se encontrava a frente dos quartos. – Se quiser tomar banho, ou sei lá fazer o que mais.
Apaguei a luz e fui para meu quarto, ao entrar fechei a porta. Sentei-me na cama Como eu consegui isso? será que eu era a sortuda – ou azarada – pois tudo que é bizarro acontece comigo. Não bastasse eu ter que enfrentar tal cena de ontem a tarde ainda tive a surpresa do dia.  
Olhando ao redor, me lembrei que tinha que tomar banho. Porque eu não fiz um banheiro no quarto. Agora não iria precisar ir ao da frente com ele lá.
Peguei meu pijama e fui, quando estava na porta do banheiro a porta do quarto dele estava aberta, olhei para lá, ele estava na janela, parecia conversar com alguém. Será que ele estava conversando com seus irmãos, ou então com o seu Senhor? Olha eu novamente pensando. Deixei pra lá e entrei no banheiro.


Em breve o terceiro capitulo!
Beijokas para quem fica...


1

Deslumbrante - Madeline Hunter


Resenha por: Ana Zuky
Título: Deslumbrante
Autora: Madeline Hunter
Editora: Leya
Selo: LeYtoras
Gênero: Romance Histórico
Páginas: 392
Nota:

Numa época em que a reputação de uma mulher é o seu bem mais precioso, Audrianna desafia todas as convenções. Ela é uma jovem determinada, independente - e disposta a tudo para aniquilar o seu adversário, o convencido Lord Sebastian Sommerhayes. Entre os dois está um homem - o pai de Audrianna, que morreu envolto nas malhas de uma conspiração. Para ela, essa tragédia significou o fim da sua inocência. Para Sebastian, que liderou a investigação, foi apenas uma morte merecida. Audrianna jurou limpar o nome do pai, mas nunca esperou sentir um desejo tão avassalador pelo homem que o arrasou. A busca pela verdade vai levá-la demasiado longe numa sociedade que é implacável perante a ousadia feminina. Ao ver-se mergulhada num escândalo que pode ser fatal, Audrianna tem apenas uma inconcebível opção.


Deslumbrante  é um livro do gênero Romance de época, este livro é o primeiro da serie As Flores mais Raras. Sendo uma serie com o total de quatro livros.
Talvez uns de vocês estejam familiarizados com os meus gostos para leituras, e sabem que sou uma apaixonada pelos romances de época. E este livro da autora Madelaine Hunter não é o primeiro que leio. Mas posso lhes dizer que sem sombra de duvidas este livro Deslumbrante foi o melhor.
A historia deste livro já começa com um mistério que nos leva a ficar aprisionada a ele, não querendo largar para saber ao certo o que vai ocorrer. Este mistério que somos apresentados no inicio nos leva até o final quando iremos desvenda-lo.

Este romance tem o seu potencial, que posso dizer totalmente diferente dos que estou acostumada a ler, uma ele é de época, os detalhes desta época não são tão aprofundadas, mas nos dá a imagem que precisamos, ele tem um mistério, uma forma de gênero policial, onde nos somos levados a querer descobrir junto com a personagem o que realmente esta acontecendo, para chegarmos a verdade. E temos a cenas sensuais do livro, nada tão escandaloso, mas acho essencial para nos mostrar o amor entre os personagens.
Mesmo tendo o seu potencial, os livros de Madeline seguem um tipo de ingrediente, uma formula dos romances, poderia dizer que o romance dele era algo um tanto inovador, mas não. Para quem conhece a autora sabe bem o que estou falando. Mesmo assim não deixa a desejar com relação ao romance dos personagens, conseguimos da mesma forma nos encantar com eles.

Os personagens, principalmente a Audrianna me fez sentir por ela, um certo carinho, ela é destemida, não tem medo dos falatórios, ate mesmo porque sabemos que naquela época em que ocorre a historia do livro, moças não podem fazer muitas coisas. Mas neste a Audrianna mostra que não esta se importando com o que a sociedade vai dizer ou fazer, ela simplesmente quer a verdade. Ela precisa desta verdade para poder viver em paz. E assim somos levados, ate o Lord Sebastian, o que posso dizer que se mostrou um homem um tanto peculiar pelo fato dele também estar atrás da verdade.
Claro que de inicio não chegamos a ter algum tipo de conceito sobre eles mas com o decorrer da sua leitura vai notar que cada um tem seu jeito encantador e deslumbrante de te envolver, fazendo você torcer para que eles encontrem - ou não – a verdade.

Como falei este livro é o segundo e mais encantador que tive a oportunidade de ler da autora Madeline Hunter, e graças a parceria com a LeYtoras fui apresentada a Deslumbrante,  sendo ele o primeiro, estou fascinada para conhecer os outros, que trás a historia de cada mulher que vivem em uma casa, sendo elas todas independentes, e cada uma com sua historia. Convido a todos para conhecerem estas mulheres e suas historias. Começando com a leitura deste livro. Com uma narração fluida, gostosa, e com uma pitada de mistério que vai lhes prender. Além é claro dos suspiros com o romance.

Quotes:
“ -  Não devia ter vindo a este lugar. O que tinha na cabeça? -  Que mais ninguém se importava com a verdade e, por isso, eu mesma tinha que tratar disso.”

“Os lábios dele tocaram os seus, clarificando aquela referência. Dadas as circunstâncias, ela avaliou o beijo sob perspectivas a que não recorrera para avaliar os outros. Afinal de contas, precisava estar bem certa daquilo com que poderia contar no casamento.”

“O abraço envolveu-a completamente até os seios e ventre estarem colados a ele e os tremores ecoarem no corpo. Ele pousou a boca na veia que latejava no pescoço e escutou os arquejos entrecortados de prazer. Aqueles sonso o lançaram numa crescente implacável e determinada na busca da satisfação”


Espero que tenham gostado da resenha, não poderia falar mais sobre ele, para não soltar spoiller. Mas minha vontade era de poder lhes dizer o quanto encantador e fascinante foi esta leitura. 

Beijokas para quem fica...

13

Sword Art Online


Saudações, leitores do blog mais agradável da blogosfera literária!

Semana passada na coluna Vamos Comentar Um Pouquinho, eu, Gunnar Santos, trouxe a vocês a cultura japonesa ao falar de um dos melhores animes contemporâneos: Death Note. Veja a postagem aqui. Hoje repito a fórmula e falo de Sword Art Online (SAO), anime também contemporâneo que muitos Otakus conhecem.

2

Veneno - Sarah Pinborough

Sexy, sarcástico e de prender a respiração! Para os fãs de Once Upon a Time e Grimm, Veneno é a prova de que contos de fadas são para adultos! Não existe “Felizes para sempre”! Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria “um final feliz” pode se tornar o pior dos pesadelos! Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia! Palavra da editora: Veneno é um livro tenro como uma maçã envenenada. Belo como os vilões costumam ser. Sarcástico como príncipes mimados. E sem finais felizes porque já estamos bastante crescidinhos! 


Resenha por: Ana Zuky || Livro: Veneno / Saga Encantadas || Autora: Sarah Pinborough || Editora: Gente / Selo: Única || Classificação: 

Quem aqui não cresceu lendo os velhos contos de fadas, que nos faziam desejar muito ser uma princesa ou ate mesmo sonhar que um dia  aquele príncipe encantado vai nos encontrar. Quem nunca pensou quando criança, que se fizesse tudo em sua casa, ela poderia se tornar a Cinderela, ou então quando queríamos muito conhecer o dengoso dos sete anões da branca de neve.
Eu mesma cresci com vários contos infantis, sendo eles: Branca de Neve e os sete anões, cinderela, Rapunzel, João e Maria, entre muitos outros que fizeram da minha infância maravilhosa.
Hoje adulta fui convidada em parceria com a Editora única a conhecer esses contos, mas de uma forma inovada e mais adulta. Posso dizer que simplesmente fiquei boquiaberta.

O livro Veneno, é o lançamento da editora única que esta dando o que falar, eu mesma pesquisei, li, e revi meus conceitos sobre a obra lida. Posso dizer que a opinião de muitos leitores que o leram são bem diversificadas, uns amaram, outros gostaram, uns mais ou menos e outros tantos acharam a obra um tanto absurda.
Veneno trás a historia de Branca de Neve, a mesma que conhecemos quando criança, doce, meiga, linda, e tem uma madrasta que não gosta dela. A trajetória deste livro nos leva a uma historia gostosa e inovadora de ambas partes. Podemos ate imaginar aquela velha historia em que conhecemos, porem não se peguem a isso. Nos próximos capítulos somos apresentados, a varias situações um tanto engraçadas e sensual.
Neste livro nos aprofundamos mais na historia da Madrasta de branca de neve, em que como ela teve que ser obrigada a se casar com o rei, pai de branca de neve, e ter que conviver com a mesma. Posso dizer que esta parte do livro foi a que mais me fez interessada, pois podemos conhecer ao fundo a historia da madrasta, que convenhamos não foi algo muito agradável e o motivo dela hoje ser o que é.

Posso certamente dizer a vocês que este livro foi uma aventura ao passado, mas de uma forma mais interessante. Como disse, o livro é a inovação dos contos de fadas, temos nesta leitura todos que possamos imaginar, todos os personagens misturados, aqueles dos quais conhecemos quando criança, e posso afirmar um tanto sombrio são esses personagens e peculiares a imaginação. Acho que talvez por causa disso que alguns leitores vieram a dizer que não gostaram da obra.

As cenas sensuais deste livro são o que me deixaram em choque, ou melhor, boquiaberta, quem poderia imaginar que  contos de fadas poderia servir para os adultos também. Nada é vulgar a chegar a escandalizar a leitura, mas garanto que são bem sensuais e um tanto chocantes, ate porque nos trás os personagens infantis de uma forma diferente.

Amei a premissa deste livro. Todo ele é um mistério, que vai prender você do inicio ao fim. Todo o livro é inesperado, os acontecimentos não os levam ao simples, e sim ao extraordinário. Nenhum personagem é o que parece, prepare-se para se surpreender. Quem foi que disse que contos de fadas não são para adultos também?

Bom sobre a diagramação esta perfeita. Além de que o livro em si a capa dele é lindo e as paginas, a cada capitulo somos presenteados em um perfeito  design de detalhes, fiquei apaixonada pelo capricho que a editora teve com o livro.

Quotes:
“Todos a amam, não é? É tão fácil ver o porquê. É boa, bela e, além disso , livre e selvagem. Ela terá vários príncipes por quem se apaixonar. Sim sem duvidas é a mais bela da terra. Não é? Ela não é bonita?”

“ – O que você fez com ela? – (...) – Toque-me como você a tocou. Toque-me como ela tocou. – (...) – Beije-me como ela o beijou – murmurou ela, com o hálito fervendo e a pele quente. – Por favor.
E o caçador, amaldiçoando a si mesmo a beijou.”

“Branca de Neve trouxera livros para Sonhador, volumes finos de aventuras que ela pegara na grande biblioteca do castelo. Eles tinham mudado o mundo dele, e só por isso ele ia amá-la para sempre.”

Vou ficando por aqui, espero que vocês tenham a oportunidade de lê-lo e se leu e não gostou, repense na historia. Em breve eu volto com mais desta trilogia Encantadas.

Beijokas para quem fica...



10

[Promoção] 1 Ano de Central da Leitura


O blog Central da Leitura completará 1 ano de existência no próximo mês e um marco tão importante como esse não poderia passar sem uma comemoração! Pensando nisso, reunimos 13 blogs amigos do Central da Leitura e montamos uma mega promoção de aniversário pra vocês!

Serão 4 kits sorteados para 4 ganhadores e, para participar, basta preencher o formulário do kit desejado, seguir as regrinhas obrigatórias e, é claro, conhecer o blog aniversariante!

Conheça os blog participantes!


Para concorrer a qualquer um dos kits, siga direitinho as regras abaixo de cada um. Não será necessário seguir todos os blogs de todos os kits. Se você só quer concorrer ao kit 1 e ao kit 3, por exemplo, siga as instruções necessárias de cada um deles, podendo ignorar as dos outros (apesar de que nós gostaríamos muito que vocês seguissem os outros blogs, também, recomendadíssimos!)

Lembrando que o participante que desconsiderar qualquer regra do kit a que estiver concorrendo, será automaticamente desclassificado na hora do sorteio, ok?

Para concorrer:
» Seguir o Central da Leitura pelo Google Friend Connect, curtir a Fan Page do Central da Leitura e se inscrever no canal do Central da Leitura noYoutube.
» Curtir a página do Procurei em Sonhos lá no Facebook.
» Seguir o Literalizando Sonhos pelo Google Friend Connect.
» Seguir o Cantinho da Mah pelo Google Friend Connect.





Para concorrer:
» Curtir a página do Sangue com Amor no Facebook.


Observações:
 A Vanessa do Central da Leitura verificará se todos os ganhadores cumpriram com as regras do sorteio e se por acaso alguma regra não for cumprida, um novo sorteio será realizado. Os ganhadores terão o prazo de 48 horas para responder o email aceitando o prêmio e se não obtivermos resposta nesse tempo, realizaremos o sorteio mais uma vez.

O envio dos livros será responsabilidade de cada blogueiro, mas é necessário ter um endereço de entrega no Brasil para recebê-los. Cada blogueiro terá o prazo máximo de 30 dias para o envio dos prêmios e, em caso de retorno, o ganhador deverá arcar com as despesas do reenvio.

Participem e boa sorte a todos!
2

[Divulgação] Premio Bang

Olá Pessoinhas, sabe quando surgem aquelas oportunidades das quais sempre esperamos, para divulgarmos? Então, a Editora Saída de Emergência esta realizando uma grande oportunidade para você novo escritor. Além de estar concorrendo a publicação de seu livro, você ganhara outro - ótimo - premio. Confira logo abaixo como você deve se inscrever e estar concorrendo a este PREMIO! 


DESEJO A TODOS QUE VÃO SE INSCREVER BOA SORTE!

1

Coração de Bilionário - Ruth Cardello

Dominic Corisi soube imediatamente que Abigail Dartley era o passatempo perfeito que procurava, principalmente quando ela se mostrou um pouco mais desafiadora do que ele estava acostumado. Então, quando precisa viajar à China a trabalho, decide levá-la, mas sob suas condições. Sem promessas. Sem complicações. Apenas sexo.Abby sempre foi uma mulher responsável. Jamais esteve disposta a correr riscos, especialmente quando se tratava de homens – isso até conhecer Dominic. Ele consegue ser ao mesmo tempo desconcertante e encantador. A viagem dos dois à China desperta um lado de Abby há muito esquecido, que a faz pensar no enorme perigo que corre ao estar acompanhada por Dominic.Quando o futuro de Dominic é posto em causa, Abby tem duas opções: interferir na última aposta empresarial que ele fez, salvando sua empresa; ou aceitar seu papel de amante, não se envolver, e abandonar seu grande amor à própria sorte. Será que ela o ama tanto a ponto de correr o risco de perdê-lo para conseguir salvar a fortuna de Dominic?


Resenha por: Ana Zuky || Livro: Coração de Bilionário || Autora: Ruth Cardello || Editora: Leya / Selo Leytoras || Classificação: 

Olá meus queridos! Vamos a mais uma resenha hoje!
Quando nos leitores acostumamos com certo gênero literário e acaba tornando-o seu predileto? Então, muitas vezes acabamos que nos deparando com historias semelhante, o que acaba nos deixando enjoados e dando aquele tempo a leitura/gênero.
Mas aprendi que cada leitura tem seu potencial, seu destaque, sendo aquele diferencial. Este livro, O Coração de Bilionário é bem o gênero do qual eu estava dando um tempo, por ter tido aquele enjoo que citei logo acima. Mas em parceria com LeYtoras eu o recebi para ler, e confesso que me senti  atraída a historia dele.

Este livro é um romance adulto, com aquele personagem homem rico- melhor- bilionário, que se vê encantado por uma jovem inocente.
Depois da trilogia 50 tons de cinza, fomos apresentados a vários livros que nos levam a imaginar os mesmos personagens, ou a historia. Sendo todas semelhantes. O livro Coração do Bilionário mostrou que nem todos os livros podem nos levar a lembrar da trilogia.

Um dia decidi que leria este livro, não criei expectativas, ao contrario pensei: Será mais um. Sim, ele foi ‘mais um’, com o mesmo clichê de romances, mas se formos parar para pensar na historia dele, refletir no que a autora queria nos mostrar, nos temos não só ‘ mais um’, mas sim uma historia de amor e as superações que cada personagem passa. Acabamos que no final nos depararmos com personagens maravilhosos e uma historia encantadora.

Este livro me lembrou de muito os de banca, pelos quais comecei a minha leitura e me apaixonei. Alguém ai já leu algum romance de banca? Não! Então não sabem o que estão perdendo.
Este livro vai poder proporcionar a vocês, uma leitura rápida, descontraída e apaixonante, lhes arrancando alguns suspiros e alguns tremores de nervosismo. A personagem deste livro conta com um caráter, que em tempo ela é decidida, determinada e de um coração imenso, noutro lado nos conhecemos a mulher apaixonada que fara tudo para seu amado.

Em muitas leituras que já ousei a ler, as personagens femininas nunca me agradavam, mas esta em especial me conquistou. A vida dela é sofrida, não com um drama familiar aos leitores, mas com um que nos cabe a imaginar algo para o lado pessoal, verdadeiro e tocante. Já o bilionário, personagem homem deste livro, não me encantou como de costume, ele pareceu um tanto frio, intocável, e arrogante. Tudo parecia fácil aos conhecê-lo. Naquele estilo de “Eu quero. Eu posso!”. Mesmo ele tendo a evoluir com o decorrer da historia, não consegui me apegar como de costume, mas minha empatia a ele diminuiu quando se mostrou amadurecer (um pouco).
O romance é o foco do livro, mas o diferencial dele são as reviravoltas, a turbulência de decisões e sentimentos. O que mostra que a autora conseguiu exatamente a nos transferir em palavras o que desejava. Fazer-nos sentir com o coração, e não pensar.
Se você esta procurando uma leitura rápida de uma tarde para poder se distrair e sentir, este livro é o que você estava procurando. A leitura é bem prazerosa e os personagens são maravilhosos. Recomendo a leitura dele a todos, mas principalmente as apaixonadas de plantão. Então por isso dei nota total, cinco coroas pela historia que me agradou e me fez ter uma tarde maravilhosa.


Quotes:
“Você é uma negociadora astuta. Um milhão. Eu jamais conheci uma mulher que valesse esse dinheiro, mas desconfio de que não vá me arrepender desta noite. (...)”.

“Quando você olha para mim desse jeito, eu quase acredito que posso virar o homem que você pensa que eu sou. Mas não sou tão simples, eu acho. As pessoas não se redimem tão rápido assim.”

“Ele leu a história da vida de Abby com profundo interesse. Nada parecia ser feito ao acaso. A moça a que todo mundo chamava Abby havia assumido a responsabilidade de criar sua irmã caçula depois que os pais delas morreram.”

“Todos nós carregamos arrependimentos, Dominic. Só o hoje é importante. As opções que vamos fazer a partir de hoje é que nos definem.”

“Eu amo você e mudei por sua causa. Se você me desse uma chance, eu lhe provaria isso mesmo. (...) Construiremos uma vida nova. Juntos, seremos parceiros em tudo o que decidirmos fazer. Eu não quero saber de dinheiro. Só você me importa agora.”

 Espero que tenham gostado desta resenha, e desejo que tenham a oportunidade de desfrutar esta historia.

Beijokas para quem fica...




16

Faces Opostas - L.F. Valadares

Envolvimentos afetivos jamais fizeram parte da vida de Luos, mas aquele par de olhos verdes sob aqueles fios dourados era impossível de se evitar. Era fato que algo dentro dele mudava na presença dela, sentia-se diferente, humano. Mas nem sempre foi assim. Houve um tempo em que humanos faziam parte do cardápio. Dilacerar suas almas era seu divertimento favorito, e agora lá estava ele entre os homens que subjugava. A aberração que nascera da união de forças opostas, céu e inferno, estava livre para caminhar sobre a Terra, para testar seus limites. Nesta fase de autoconhecimento, muitas dúvidas irão surgir, inimigos vindos da escuridão e da luz o rodearão, enquanto todo o resto parece conspirar contra ele. Bem e mal, luz e trevas, céu e inferno, certo e errado... O que fazer? Aonde ir? A quem recorrer?... Inúmeras questões que o levam sempre a mesma interrogação: "- O bem e o mal podem caminhar juntos?"






 Livro: Faces Opostas || Autora: L. F. Valadares  || Editora: Novo Século || Classificação:




Já no prólogo do livro, sentimos como a história será intensa e de arrepiar.

O livro nos apresenta a Luos, que ao nascer foi tirado da mãe, pelo seu pai,que fez isso no meio de uma batalha entre anjos e demônios. Luos  é o fruto do amor proibido entre uma anja e um demônio.

Luos foi criado em um ambiente mórbido e totalmente ruim. Desde criança foi treinado para sua fase adulta, mas o que mais revoltada seu pai no treinamento, era a dubiedade da personalidade de seu filho.

“ O moleque, de aproximadamente nove anos, parecia ter um pulmão de ferro. Seu ritmo não se reduzia, enquanto o de seus alvos era cada vez mais lento.”
Página 25



Já na fase adulta, acontece algo na vida de Luos, que o deixa totalmente traumatizado e ele vai em busca de vingança.

Zeobator, pai de Luos “vendo” o estado do filho e as dúvidas que o cercavam, resolve visitá-lo e lhe conta a sua história com sua mãe e também a de seu nascimento, fato esse que desconhecia até então.

Depois de tudo que seu pai lhe informou, começa do nada a acontecer fatos com algumas pessoas a sua volta e aos poucos Luos acha que está juntando as peças do quebra cabeça de todo esse mistério.

Através de uma jovem desconhecida, que sabia mais da sua vida do que ele mesmo, Luos descobre qual é a sua verdadeira missão, mas ele não acredita.

Aos poucos ele começa a acreditar nessa jovem, que se chama Beatriz e conta com a ajuda dela, para lhe ensinar tudo que sabe.

O que Luos nem imaginava era que sua vida iria ter várias reviravoltas, fazendo-o tomar decisões que me surpreenderam.

Mas a decisão dele que mais me deixou chocada, foi quando ele cansou de se sentir um boneco nas mãos das duas forças e se colocou numa situação que definiu seu destino.

Final do livro surpreendente!


Opinião:


Achei a trama muito bem escrita, com o enredo da briga entre o bem e o mal uma profecia que envolviam os personagens principais.

Todos os personagens foram muito bem construídos, cada um com seu grau de importância na história.

Praticamente todas as lacunas foram preenchidas, mas o final do livro deu a entender que poderá ter uma continuação.


A revisão e diagramação estão perfeitas!



13

Death Note


Saudações, queridos amigos!

O que venho mostrar a vocês hoje é simplesmente uma das obras mais marcantes da atualidade na cultura japonesa. Death Note é um mangá cuja riqueza é comparada às grandes obras que marcaram época, como Dragon Ball, Pokémon e outros. Isso tudo porque em toda a história não houve arte nenhuma que fosse ao menos parecida com Death Note, fazendo desta série a mais importante atualmente e arrisco dizer que será considerada um clássico daqui a dez ou quinze anos.

28

Lançamentos - Arqueiro, Sextante e Saída de Emergência

É com muito prazer que hoje estou aqui para lhes apresentar os Lançamentos e futuros lançamentos. E meu povo, aguenta coração com tanta coisa boa que esta chegando.
Vamos conferir então!


Um dos melhores livros de fantasia épica de todos os tempos. Tigana - A Lámina na Alma - Livro Um 
Tigana é uma encantadora obra de mito e magia que vai marcar os leitores para sempre. É a história de uma nação oprimida que luta para se libertar depois de cair nas mãos de conquistadores implacáveis. O povo foi tão amaldiçoado pela feitiçaria do Rei Brandin que o próprio nome da sua bela terra não pode ser lembrado ou pronunciado.
Mas anos após a devastação de sua capital, um pequeno grupo de sobreviventes, liderado pelo Príncipe Alessan, inicia uma cruzada perigosa para destronar os reis despóticos que governam a Península da Palma, numa tentativa de recuperar o nome banido: Tigana.
Num mundo ricamente detalhado, onde impera a violência das paixões, um povo determinado luta para alcançar seus sonhos. Tigana é m épico sublime que mudou para sempre as fronteiras da fantasia.


A saga épica de Midkemia continua... Mago - Mestre - Livro Dois. 
Passaram-se três anos desde o terrível cerco a Crydee. Os três rapazes que eram os melhores amigos do mundo encontram-se agora a quilômetros de distância uns dos outros. Pug, um escravo dos Tsurani, está prestes a se tornar um dos maiores magos que já existiram. Tomas, um grande guerreiro entre os elfos, arrisca-se a perder sua humanidade para a armadura encantada que veste. Arutha, príncipe de Crydee, luta desesperadamente contra invasores e traidores para salvar seu reino. Mago Mestre é recheado de aventura, emoção e ameaças tão antigas quanto o próprio tempo. Com o segundo volume de A Saga do Mago, Raymond E. Feist volta a provar que é um dos maiores nomes da literatura fantástica na atualidade.

Fevereiro

No começo de 2014. O que aconteceria se uma amostra do sangue de Cristo fosse roubada do Santo Sudário por um cientista disposto do clonar o filho de Deus? Este romance conta a história de uma tarefa monumental: a tentativa secreta de clonar Jesus Cristo. Mas será que o tecido do sudário contém o sangue de Jesus? E estará o DNA ainda intacto?Fonte - Leia um trecho

Março
(capa americana)

Um feiticeiro tem planos para destruir o mundo e a unica arma capaz de deter o poder das trevas é a espada de Shannara. Apenas o verdadeiro herdeiro de Shannara pode usar esta arma e sobre ele cai toda a espera do mundo.
Abril
(capa portuguesa)
Há 700 anos, em um mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súditos, uma Viúva Negra profetizou a chegada de uma rainha. Agora o reino das sombras prepara-se para a chegada desta mulher, uma feiticeira que terá mais poder do que o próprio senhor do inferno. Mas a rainha ainda é nova , passível de ser influenciada e corrompida. Quem controlar a Rainha, controlara o Mundo.Três homens poderosos - inimigos de sangue - sabem isso. Saetan, Lucivar e Daemon percebem o poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. E assim começa um jogo cruel de política e intriga, magia e traição, onde as armas são o ódio e o amor. E o preço pode ser terrível e inimaginável.Leia um trecho

E agora vem a ótima noticia. Para quem é fan da serie Highlander, pode começar a comemorar. A Editora Saída de Emergência anuncia que lançara a serie aqui no BRASIL.
Adivinhem quem esta comemorando? Eu! UHUUUUUU
(capas portuguesas)

Leia as sinopse dos livros AQUI

Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará à idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual sera a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos caçadores de bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido? Fonte - Leia um Trecho

A carta não terminada é a única pista que Tara e Emy têm para entender o que levou sua amiga Noelle ao suicídio. As três eram inseparáveis desde a faculdade e tudo a respeito de Noelle – seu trabalho de parteira, a forma como se dedicava apaixonadamente a diversas causas sociais, seu amor pelos amigos e a família – se encaixava na descrição de uma mulher que amava a própria vida. Só que havia muitas coisas que Tara e Emy desconheciam. Por exemplo, quem é Anna e por que Noelle nunca a mencionara. Com a descoberta da carta e do terrível segredo que a motivou, as duas começam a desvendar a verdade sobre essa mulher forte, independente e gentil que entrou em suas vidas trazendo amor e compaixão, mas que também pode ser a responsável por muitas tristezas e ilusões. Com delicadeza e equilíbrio, Diane Chamberlain constrói uma história sensível sobre amizade e relacionamentos e levanta a pergunta: até que ponto você seria capaz de perdoar alguém que ama?

Poppy Hathaway está em Londres para sua terceira temporada de eventos sociais. Como nos dois anos anteriores, ela se hospedou com a família no hotel Rutledge. E, como nos dois anos anteriores, tudo indica que retornará a Hampshire sem ter encontrado um pretendente com quem se casar. Apesar de ser extremamente bonita e gentil, Poppy tem duas grandes desvantagens em relação às outras moças: sua inteligência deixa muitos homens acuados e o fato de vir de uma família tão pouco convencional faz com que os melhores partidos nem sequer a abordem. Mas o destino a coloca no caminho de Harry Rutledge, um homem de passado triste, que venceu na vida por conta própria e aprendeu a encarar tudo como um negócio. O dono do hotel não ama ninguém, confia em poucos e manipula todos. Porém, mesmo sendo tudo o que Poppy nunca almejou, ela não pode negar o fascínio que sente por ele. Quando Harry conhece Poppy, é tomado pelo desejo. Ele imediatamente tem a certeza de que a jovem será sua – e, para o bem ou para o mal, não mede esforços para que isso aconteça. Mas fascínio e desejo não serão suficientes para construir sua história, sobretudo quando uma traição põe em jogo as bases do relacionamento. Agora, é entre quatro paredes que eles tentarão resolver problemas e anular diferenças, num romance sensual em que seu futuro juntos pode mudar a cada toque, cada encontro, cada descoberta. 

Um maníaco impiedoso Uma jovem mãe e seu bebê são cruelmente mortos dentro do estacionamento de um shopping. Sem testemunhas ou indícios da identidade do assassino, só resta à sargento Lindsay Boxer e ao seu parceiro, Rich Conklin, uma única pista: três letras escritas com batom vermelho no para-brisa do carro das vítimas. Um assalto sangrento Em outro canto da cidade, a esposa de um astro de cinema é acordada por um ladrão que está fugindo com milhões de dólares em joias e pedras preciosas. Antes de conseguir chamar a polícia, ela é friamente assassinada e São Francisco fica em estado de histeria. A morte está próxima Lindsay é convocada para o novo caso e tenta conciliar as duas investigações e o noivado com Joe Molinari, sempre afetado por seu relacionamento íntimo com Conklin. Em meio a toda a adrenalina, a sargento é obrigada a colocar a própria vida em risco para salvar a cidade antes que a lista de vítimas aumente. Fonte - Leia um trecho

A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la? O terrível segredo de Rush Finlay. Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo. Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente. Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela.


Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhce o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica. 

Depois do escândalo em que se viram envolvidos em Toronto, Gabriel e Julia se casaram e se mudaram para Massachusetts, onde ele dá aula na Universidade de Boston e Julia faz doutorado em Harvard. Agora ela precisa provar que não vive à sombra do marido famoso. Mas parece que Gabriel não está pronto para ver a esposa caminhar com as próprias pernas. Quando ela é convidada a dar uma palestra em Oxford, surge seu primeiro conflito: a linha de pesquisa dela diverge da teoria dele. Durante a conferência, os dois são obrigados a confrontar antigos rivais, entre eles a incansável Christa, que, ainda determinada a humilhar Julia, ameaça revelar um dos segredos mais obscuros de Gabriel. Além disso, as coisas entre eles não vão muito bem. Isso porque Gabriel está ansioso para ter um filho, mas Julia quer concluir o doutorado primeiro. Para ver realizado seu sonho de formar uma família, Gabriel terá que enfrentar fantasmas do passado. Será ele capaz de fazer isso? E será que a generosidade de Julia resistirá à ameaça de ver arruinada a carreira que ela tanto se esforçou para construir? A redenção de Gabriel é o desfecho brilhante dessa trilogia que arrebatou leitores no mundo inteiro.




Não há dúvida: o amor é a principal fonte de realização e felicidade de nossas vidas. Então, por que encontramos tanta dificuldade em dar e receber amor? Por que será que o convívio diário com nossos entes queridos muitas vezes acaba gerando frustração e insatisfação?O consagrado autor de As cinco linguagens do amor (mais de oito milhões de exemplares vendidos em todo o mundo) responde a essas questões neste livro. E o faz com a experiência e a sabedoria de um conselheiro matrimonial e familiar que já testemunhou e resolveu milhares de impasses entre parceiros, cônjuges, pais e filhos e amigos.As perguntas que orientaram sua pesquisa foram: O que caracteriza as pessoas capazes de amar e as diferencia das que demonstram pouca consideração com os outros? Como se desenvolvem esses traços de caráter, que se manifestam em atos nas relações amorosas? De que forma incorporá-los para que o amor se torne verdadeiramente um estilo de vida capaz de nos fazer felizes e realizados?Gary Chapman nos apresenta as sete características das pessoas capazes de amar: gentileza, paciência, capacidade de perdoar, cortesia, humildade, generosidade e honestidade. E o faz mostrando-nos como desenvolver cada uma dessas qualidades, que promovem companheirismo, cumplicidade e alegria, até que se incorporem à nossa personalidade e se tornem um estilo de vida.
Reunindo histórias verdadeiras, conselhos inspirados e exercícios simples e práticos, este livro estimula a reflexão sobre nossos comportamentos e mostra como pequenas mudanças de atitude podem tornar os relacionamentos mais gratificantes, trazendo alegria para a nossa vida e a das pessoas que nos cercam e contribuindo para criar um mundo melhor.


Não é difícil nos imaginarmos falando com Deus. Na verdade, muita gente faz isso todo dia. A oração faz parte da vida de muitas pessoas. Mas poucas ousam imaginar Deus falando diretamente e sussurrando à sua mente e ao seu coração.Sarah Young acredita que a presença de Deus deveria ser uma experiência contínua na vida de todos, e que essa experiência deveria trazer alegria, paz, amor, confiança, coragem e uma aproximação mais estreita com o Criador do Universo.Foi o que Sarah ousou experimentar. Ao dedicar momentos a sós com Deus, ela decidiu registrar os pensamentos e as impressões que lhe vinham à mente e ao coração, como se o próprio Deus estivesse conversando com ela. Sarah usa passagens da Bíblia e escreve sob a perspectiva de Deus falando diretamente com você. É um recurso poético extraordinário e bastante didático.Jesus está ao seu lado permitirá que você sinta e viva intensamente o chamado de Jesus para desfrutar da presença de Deus em sua vida.

NATE BOTA PRA QUEBRAR!Mesmo que os amigos não deixem que ele seja o vocalista e líder da banda O Escravo Molusco, Nate continua arrasando! Ele é o superastro das histórias em quadrinhos e faz sucesso com a garotada em todo o mundo!Confira as trapalhadas divertidas deste garoto de 11 anos e suas tentativas de embromar os professores da escola, os colegas que duvidam da sua genialidade e o pai totalmente sem noção. Este livro reúne as tirinhas diárias e dominicais do cartunista Lincoln Peirce, publicadas originalmente em jornais e na internet.

Quando enfrentamos um problema, o otimismo nos ajuda a manter a serenidade e a perspectiva. Por pior que seja a situação, temos a certeza de que sairemos dela fortalecidos.Ser otimista não nos faz ter uma vida perfeita, mas nos permite evitar a amargura e a negatividade que costumam envenenar nosso coração nos momentos de crise.O objetivo deste livro é mostrar como podemos estimular os pensamentos positivos e encarar a vida com mais leveza e tranquilidade. Para isso, Allan Percy nos oferece um “kit de sobrevivência” que contém os seguintes itens:• Doze estratégias rápidas para lubrificar as engrenagens da positividade.• Ensinamentos e aforismos de grandes pensadores para nos ajudar a ver o lado bom da vida.• Uma mudança de perspectiva para transformar os pensamentos negativos em positivos.• Doze histórias inspiradoras de pessoas que conquistaram seus objetivos, mesmo quando tudo parecia indicar que iriam fracassar.• Uma breve visão científica de três amigos do otimismo: a cozinha energética, as endorfinas e o hipérico (ou erva-de-são-joão).
Essas ferramentas nos permitem escolher o estado de espírito com que queremos viver. Se optarmos pelo otimismo, continuaremos tendo dias bons e dias ruins, mas seremos capazes de superar os obstáculos sem desanimar. Essa é uma das maiores vantagens de ser otimista.

É isso pessoal, espero que tenham gostado.

Beijokas para quem fica...

10