Estranha Perfeição - Abbi Glines

Resenha por: Ana Zuky
Título: Estranha Perfeição
Spin-off: Sem Limites
Autor: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance
Subgênero: Novo Adulto
Páginas:208
Leia o 1º CapituloAqui
Nota:

Della Sloane não é uma garota comum. Ansiando se libertar do seu passado sombrio e traumático, ela planeja uma longa viagem de carro em busca de autoconhecimento e dos prazeres da vida real. Seu plano, no entanto, logo encontra um obstáculo: o automóvel fica sem gasolina em Rosemary, na Flórida, uma cidadezinha praiana no meio do nada. Neste cenário, ela conhece o jovem Woods Kerrington, muito disposto a ajudar uma menina bonita em apuros. O que ela não sabe é que Woods é o herdeiro do country club Kerrington e está de casamento marcado com Angelina Greystone, uma união arranjada que culminará na fusão de suas empresas, garantindo o futuro profissional do rapaz. Uma noite despretensiosa parece a solução perfeita para Della e Woods fugirem por um tempo de tanta pressão. Do passado que ela gostaria de esquecer. Do futuro de que ele tantas vezes tentou escapar. Mas eles não poderiam prever que a atração os levaria a algo mais quando os seus caminhos se reencontrassem. Agora precisam aceitar suas estranhezas para descobrirem a perfeição. Se você é fã da série Sem Limites, vai adorar este delicioso romance ambientado no mesmo universo sedutor criado por Abbi Glines. 


Bom primeiro vou começar a resenha explicando que este livro é um spin-off da serie Sem Limites, então ele contém o mesmo cenário e mesmo personagens como papel de fundo, contudo a historia é contada dos personagens considerado secundários da outra serie,ok. Então não é necessário ler os livros da serie Sem Limites, mas pode conter alguns spoilers que possa prejudicar caso você planeje ler, ou ainda esta lendo.

Agora vou apresentar a vocês a minha opinião sobre a leitura. Bom eu já conhecia esta leitura, porem não sabia ate então que ele era um spin-off de outra historia, e fui descobrir isso quando li enfim a outra serie, e tipo: Putz, eu não sabia era parte daquela historia.
Já havia lido esta serie antes dela ser publicada pela Editora Arqueiro, sim eu o li em ebook, e em inglês comprei meu exemplar pela amazon. Mas não poderia deixar de solicitar a Arqueiro e assim reler ele, só que em português.
Primeiro vou falar sobre o trabalho que a editora teve com a obra, bom a diagramação dele é simples, e a tradução perfeita. Não encontrei um erro sequer nele, e digo que foi um prazer poder reler e curtir a historia tudo de novo.
Bom e a capa do livro, lembro que a editora abriu uma votação pela capa e assim como muitos, eu votei na original e graças ao empenho e a votação, todos decidiram pela capa original, o que eu agradeci e muito, ate por que a capa é simplesmente linda e perfeita, pois combina por completo com a historia em si.

Della apos enfrentar a morte de sua mãe, e passar por uma situação nada agradável, ela recebe como um incentivo de sua melhor amiga, corre ao mundo e se descobrir. E com este apoio ela faz o que sua amiga lhe propõe. E nesta ida ela conhece Woods em um posto de gasolina, e por destino, ela não sabe nem como abastecer o seu carro, então que surge Woods para salvar. E neste primeiro encontro notamos a química entre eles, e onde acontece a primeira aventura de Della.

Como vocês sabem, sou uma fan do gênero, e este livro realmente me pegou. Me surpreendi novamente com a leitura, a autora sabe realmente como trabalhar em seus personagens e fazer com que nos leitores criemos um sentimento por eles.
Notei que a autora não é fan de enrolação, então ela logo de cara começa a colocar no primeiro capitulo o fogo, e isso é claro somente nos atiça a saber cada vez mais como tudo vai acabar, e no final das contas, você é totalmente pega de surpresa. Claro que você encontrara ali um velho clichê, mas no fundo, lá no fundo você... Bom, acho que vocês sabem bem o que estou falando.
Isso tudo é por que a autora sabe como trabalhar em seus personagens, trabalhar na trama e no romance, fazendo com que nós nos apaixonamos.
Os personagens não são assim tão perfeitos eles tem seus dramas a superar, e são bem eles que nos fazem torcer e sentir algo, e ficar ali na luta de que um bom final eles terão. E ai esta o velho clichê.
Foi bom poder reviver tudo, poder relembrar o que tanto Della e Woods passaram para ter o seu final, e por isso venho aqui falar sobre a leitura e assim incentivar vocês leitores a desfrutar deste belo romance.
Para os fans do gênero, tanto romance como novo adulto, claro que super indico esta leitura. Como disse a autora não se enrola, ela vai com tudo, nos fazendo cair de cabeça no romance e nos personagens. Tudo nele apesar de ser rápido, é bem trabalho. E sobre as cenas de sexo, já vou alertando que é puro êxtase, então sabem né, não recomendo para menores. Mas se as mães não se preocupam com isso, então vão fundo e desfrutem.
Espero que tenham gostado da resenha; então não deixem de comentar o que acharam, e se caso ja leram o livro, não deixem de falar o que você achou como foi a leitura.
Vou ficando por aqui e ate a próxima. Beijokas para quem fica...

Veja logo abaixo como ficou a programação de lançamentos tanto da Serie Sem Limites como Do Spin-Off.


 Proveito para dizer que a Editora Arqueiro Abriu Votação para a capa do terceiro livro da Serie Sem Limites em sua Fan Page. Deixo a imagem logo abaixo e para votar clique na imagem que você sera redirecionado.

36

[Lançamentos] Editora Arqueiro, Sextante e Saída de Emergencia


Bem-casados, terceiro livro da série Quarteto de Noivas, é uma linda história sobre a doçura do amor. Quando terminar de lê-lo, você terá certeza de que os sonhos podem se realizar das formas mais inesperadas.Parker, Mac, Emma e Laurel, amigas de infância, ganham a vida realizando o sonho de inúmeros casais apaixonados. As quatro são proprietárias da Votos, uma empresa de organização de casamentos.Após ter trilhado um caminho muito duro para conseguir ser alguém na vida, Laurel McBane se tornou a criadora dos bolos e quitutes mais lindos e saborosos do estado. Ela preza sua independência acima de tudo e não aceita que ninguém interfira em suas decisões. Talvez por isso, apesar do sucesso profissional, ainda não tenha se entregado ao amor.Apaixonada desde sempre por Delaney Brown, irmão de Parker, ela nunca teve coragem de revelar seus sentimentos. Afinal, sabe que é como uma irmã para ele.Advogado da Votos, Del se sente responsável por cuidar não só dos assuntos burocráticos da empresa, mas também do bem-estar das quatro sócias. Porém, sua postura paternalista e superprotetora começa a gerar desentendimentos entre ele e Laurel.Mas essas diferenças de opinião também fazem ferver uma química que vinha cozinhando em fogo brando havia muito tempo, acendendo uma faísca que eles não sabem se conseguirão – ou se querem – conter.Agora Laurel e Del precisarão conciliar suas convicções e personalidades para que o orgulho não fale mais alto que a paixão.


Mais de 11 milhões de livros vendidos no mundo.Em O doador de memórias, a premiada autora Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existem dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não há amor, desejo ou alegria genuína.Os habitantes de uma pequena comunidade, satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam, conhecem apenas o presente – o passado e todas as lembranças do antigo mundo lhes foram apagados da mente. Um único indivíduo é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis.Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo. Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar.


Quando os ricos e famosos estão em apuros, a primeira ligação deles não é para os serviços de emergência. Eles ligam para a Private.Para muitas pessoas, um minuto pode ser pouco tempo. Mas foi suficiente para Jack Morgan falhar em salvar a mãe de Hannah Shapiro. Impotente e com medo, a jovem de 13 anos viu a mãe ser morta quando o pai não pagou o resgate aos sequestradores. E, embora tenha sobrevivido, guardou aquele pesadelo na memória por sete anos.Mas isso foi antes da Private. Antes de Jack Morgan ter recursos.Com clientes de elite, a agência se expandiu, abrindo filiais no mundo inteiro. Com um seleto time de investigadores e equipamentos de última geração, a Private é uma rede bem-estruturada e Jack saberá usá-la para a proteção de Hannah. Para isso, ele convoca Dan Carter, responsável pelo escritório da Private em Londres, como guardião de Hannah, agora uma mulher de 20 anos, estudante de psicologia.O plano não podia dar errado – até Hannah e as amigas, incluindo a afilhada de Carter, serem atacadas em frente à universidade. Quando Hannah é mais uma vez sequestrada e sua afilhada entra em coma, Dan Carter descobre que os sequestradores são profissionais, alguém está vazando informações e a questão é pessoal.
O pesadelo recomeçou.


Medo. Esperança. Dúvidas. Antes da maldição, uma promessa.Mais de 300 anos antes de Kelsey Hayes surgir na vida de Ren e Kishan, uma jovem cruzou o caminho dos príncipes. Seu amor por um deles mudou o curso da história e o destino da família Rajaram.Criada longe dos olhos da corte, isolada do convívio no castelo, Yesubai luta para suportar os maus-tratos do pai e manter em segredo suas habilidades mágicas. Lokesh é um poderoso e cruel feiticeiro que foi capaz de assassinar a própria esposa porque ela lhe deu uma filha em vez de um filho.Ao completar 16 anos, Yesubai é surpreendida por um anúncio do rei.Procurando fortalecer suas relações diplomáticas, o nobre acredita que um casamento entre a filha de Lokesh, comandante de seu exército, e um pretendente de algum dos reinos vizinhos será uma boa estratégia para diminuir os conflitos na região.A jovem recebe a notícia com alegria. Pela primeira vez ela enxerga um fio de esperança, a perspectiva de escapar do controle do pai e de levar uma vida fora do confinamento de seus aposentos. Mas esses não são os planos do feiticeiro. Ele vê no iminente casamento de Yesubai uma oportunidade de conseguir ainda mais poder e não poupará esforços para atingir seus objetivos sombrios. A promessa do tigre conta a origem da história dos príncipes Ren e Kishan e os acontecimentos que levaram às aventuras da aclamada série A maldição do tigre.


Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz. Em Os segredos de Colin Bridgerton, quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.



Publicado no Brasil em 2004, O Monge e o Executivo se tornou um dos maiores fenômenos editoriais de todos os tempos, com 3 milhões de exemplares vendidos no país e presença garantida nas listas dos livros mais vendidos nesses 10 anos.Sua imensa popularidade é resultado da forma clara e agradável com que James C. Hunter apresenta o valioso conceito de liderança servidora e nos faz repensar a maneira como lidamos com os outros e o impacto que isso tem em nossa vida pessoal e profissional.Em De volta ao mosteiro, Hunter retoma a história do monge e do executivo dois anos depois do retiro onde se conheceram. Eles se reúnem com os outros cinco participantes do primeiro seminário em busca de uma compreensão mais profunda sobre a formação de grandes líderes.O reencontro traz à tona uma dura constatação: só um dos integrantes do retiro anterior conseguiu colocar em prática os poderosos princípios aprendidos. Enquanto revela as razões para isso, Hunter nos convida a refletir sobre nosso comportamento. Será que estamos agindo como verdadeiros líderes em casa, no trabalho e com os amigos?
Com novas percepções a respeito de como as pessoas podem vencer suas barreiras internas e fazer mudanças significativas em suas vidas, este livro ensina os passos necessários para o desenvolvimento das habilidades de liderança. Além disso, aborda um tema rico e ainda pouco explorado: a construção de comunidades de alto desempenho.Da cultura de excelência ao trabalho de equipe, do comprometimento ao companheirismo, da importância dos relacionamentos ao crescimento pessoal, James C. Hunter nos brinda mais uma vez com um livro transformador, capaz de nos tornar pessoas melhores e de melhorar a vida das pessoas à nossa volta.



Esqueça tudo o que você já ouviu falar sobre aposentadoria. A ideia de se aposentar é um conceito  ultrapassado para dar conta do padrão de vida que todos queremos e buscamos ter. Estamos vivendo mais, com mais qualidade, custo de vida mais alto e maior nível educacional e cultural. Após desfrutar de tantas experiências de consumo e lazer, ninguém estará disposto a aceitar um estilo de vida com escolhas limitadas pela falta de dinheiro quando chegar a hora de se aposentar. É preciso adotar um modelo realista para planejar o futuro. Reunindo pesquisas e reflexões sobre casos de fracasso e de sucesso, este livro propõe uma nova forma de lidar com o dinheiro e oferece conselhos atualizados sobre a melhor maneira de se educar, de investir, de empreender, de gerenciar a carreira e de colher os frutos de tantos anos de trabalho.No livro, Gustavo Cerbasi apresenta uma proposta de sucesso comprovado para administrar sua riqueza. Além disso, faz uma análise das modalidades existentes de aposentadoria e aponta suas principais falhas.Seu modelo vem sendo testado e aprovado, inclusive entre pessoas que já chegaram à aposentadoria e que tiveram que lidar com os resultados limitados de um planejamento malsucedido. É uma proposta prática e acessível a qualquer um que esteja disposto a escrever sua própria história.


“Se você for um pouquinho parecido com a gente, este livro vai lhe proporcionar horas e horas de diversão. Se encontrássemos um livro como este quando éramos mais jovens, teríamos ficado um bom tempo fazendo todos os experimentos.Se você já conhece o canal Manual do Mundo e costuma fazer os experimentos, se sentirá em casa. Relaxe e aproveite os diversos experimentos inéditos e as explicações mais detalhadas.Mas se ainda não tem o hábito de montar e desmontar coisas para ver como elas funcionam, se ainda não coleciona reagentes e peças de computadores velhos, se ainda não sabe se tem talento para isso, continue lendo. Vamos tentar convencê-lo e, se tudo der certo, você só vai parar na última página.” 


Desde que nascemos, desejamos o reconhecimento, a aprovação e a aceitação daqueles que nos cercam, acreditando que assim encontraremos a felicidade. Ao longo dos anos, na ânsia de nos adequar, muitas vezes tomamos as ideias e os pensamentos alheios como nossos. Temendo a rejeição, nos sentimos mais confortáveis e seguros sendo como os outros, sendo “pessoas normais”. Neste livro, o renomado psicólogo alemão Robert Betz nos mostra que nossos caminhos para a felicidade não serão bem-sucedidos sem a nossa participação ativa, sem que assumamos a responsabilidade por todas as nossas criações. Ele evidencia que, somente quando prestarmos atenção a nós mesmos – nos livrando de antigos medos, nos preocupando de verdade com aquilo que pensamos, sentimos, dizemos e fazemos – e voltarmos a ser fiéis a quem de fato somos, estaremos prontos para uma nova vida.É chegada a hora de agir conforme a sua consciência e não segundo o que esperam de você. Comece fazendo as pazes com o seu passado e voltando a amar a si mesmo, assim você estabelecerá a base para uma grande transformação.



Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?


2

[ Divulgação ] Livros Grátis na Amazon





Olá Galerinha!

Tudo bom?

Hoje venho trazer a novidade da nossa autora parceria L;L Alves, ela estará disponibilizando somente hoje seu livro Instituição Jovens Prodígios e seus contos grátis na amazon.




Lembrando que você pode baixar para ler no computador, tablet, celular e no próprio kindle, no site tem o passo a passo de como prosseguir, mas corram que é somente hoje!

Beijinhos!
1

Devoção - J.C.Reed

Resenha por: Ana Zuky
Título: Devoção
Autor: J.C Reed
Editora: Única
Gênero: Romance Erótico
Páginas: 288
Nota:

Com uma promissora carreira pela frente, Brooke Stewart não é o tipo de pessoa que se envolve em relacionamentos, principalmente em seu trabalho. Entretanto, ao ser enviada para fechar um grande negócio na Itália, ela percebe que uma das peças-chave do seu novo projeto é o cara que ela havia abandonado dias antes em sua cama. Jett era um homem de negócios. E altamente atraente. Seu sorriso malicioso escondia seus verdadeiros intuitos e seus olhos verdes eram um convite permanente. Sexy e arrogante, um cretino e um estranho, disposto a conseguir tudo o que quer e, desta vez, ele desejava Brooke, não importando o preço a pagar. Então, quando eles percebem que essa relação pode afetar o mundo dos negócios, surge um contrato... Perigosamente arriscado. Altamente sexy. Uma relação que não aceitará um “não” como resposta.

Devoção foi aquele livro que logo de cara me chamou atenção, tanto pela capa dele como pela sinopse. Então não pensei duas vezes antes de solicitar ele a editora única.
Logo que chegou aqui, eu comecei a minha leitura, já de inicio eu notei uma historia que conteria bastante clichê. Pois nos deparamos com a mocinha e um mocinho que por acaso, se conhecem após a saída da Brooke com sua amiga para uma bebedeira e no dia seguinte acordando com um homem lindo, quase nu, em sua cama.
A atração dele por ela foi espontânea, e a dela, vamos dizer que ela lutou contra, mas no fim  se deu por vencida pela atração mutua.
Assim como Brooke tem um passado nada bom, sendo dramático, sabemos que o nosso mocinho, Jett também tem o dele.
O envolvimento deles começa na noite, terminando em que Brooke sabe que ele agora é seu patrão, e por causa da atração dele com ela – antes que se entregassem ao desejo da carne -, ele propõe um contrato a ela.
Agora sim vocês notaram que há muito clichê na historia, não é! A historia e o trama deste livro corre normal, sem nada muito novo ou surpreendente que venha a nos fascinar, ainda assim o final do livro foi o que realmente deixou-me  boquiaberta e tentada a querer mais.
Hoje em dia achar um livro no gênero erótico inovador, esta difícil. São poucos aqueles  que você consegue achar sem cair na mesmice. Todavia cada historia tem seu “que”, assim como esta tem; e este “que” foi deixado para o final do livro.
O livro na verdade tinha tudo para ser o melhor, entretanto a autora fez a historia de uma forma um tanto corrida, deixando certas partes um tanto cru. Não trabalhando muito nos próprios personagens, como por exemplo a mocinha Brooke nunca parecendo ter a idade que tem, mas como uma adolescente que esta acabando de descobrir o mundo, seus sentimentos, e muitas vezes dando piripaques como uma. E o nosso galã Jett, bom ela tentou fazer dele um bad boy CEO, mas no fundo não senti bem isso, pra mim pareceu como qualquer outro personagem rico. E a parte do trama que acompanha nossos personagens, bom... nada tão impactante ou revelador que nos faça cair o queixo. Tanto que quando Brooke revelou o seu trama a ele, não achei assim tão revelador. E o do Jett, bom ate dá para tirar um aproveito, mas também nada assim tão sugestivo.
Bom a parte do contrato que ele impõe a Brooke, isso sim eu achei totalmente desnecessário, e ate agora estou tentando entender o que exatamente a autora queria mostrar com isso, com esta atitude.
As cenas em relação ao sexo, igualmente deixou muito a desejar. Para um livro que carrega o gênero erótico, essas cenas em questão devem ser bem trabalhadas, contudo não aconteceu isso. Senti como se a autora tivesse escrito o livro correndo, e não pensando muito nos detalhes e na trama ao todo.
Porem apesar de ter me decepcionado um pouco a historia, o final do livro foi o que realmente me despertou o interesse de querer mais da historia, por que cá entre nos, a autora deixou o melhor, a revelação para o final e assim fazer com que necessitemos ter o segundo volume para desfrutar e descobrir o que exatamente acontecera com a revelação feita.
Mesmo não tendo agradar a minha pessoa, gostei da forma direta em que a autora escreve, não enrolando muito nas cenas que estão para acontecer, o romance mesmo sendo clichê, é muito fofo, então é claro que estarei indicando este romance aos fãs do gênero, e aqueles que sempre estão atrás de historias clichês.
Por enquanto esta é a minha opinião, espero no segundo livro poder ver mais amadurecimento desses personagens, e é claro ansiosa para saber como ira transcorrer tudo entre eles. Resumindo: ansiosa para ter o segundo livro em mãos.
No momento é isso, espero que vocês tenham gostado da resenha, e em breve estarei voltando aqui para falar sobre a continuação dele.
E você o que achou da resenha? Já leu o livro? Então nos fale de sua experiência, nos conte como foi a leitura dele para você.


Beijokas para quem fica...
13

O Maravilhoso Agora - Tim Tharp

Resenha por: Ana Zuky
Título: O Maravilhoso Agora
Autor: Tim tharp
Editora: Record
Gênero: Romance
Páginas: 320
Nota:

Sutter Kelly é O Cara, o rei das festas. Porém, diferente dos amigos adolescentes, não está preocupado com o futuro, está mais interessado em viver o agora. Com um 7Up batizado nas mãos ele está pronto para qualquer coisa. Mas nem tudo anda bem para ele. Vive discutindo com a mãe, o pai há anos não dá notícias, e sua namorada Cassidy lhe deu um pé na bunda. Em meio a esse caos, a doce Aimee pode despertar Sutter para outra realidade. E, pela primeira vez, ele tem o poder de fazer a diferença na vida de alguém, ou de arruiná-la para sempre.


Pensar sobre a historia e sobre o que ele trás por entre as entrelinhas foi o que complicou um pouco para fazer esta resenha.
Dizem que o filme, a adaptação deste livro esta ai, mas decidi não ver e sim ler. Achei que a leitura seria mais explicativa, mais detalhista, e onde poderia tirar a proveito da lição embutida no meio da historia. Só que não foi bem assim.
Terminei esta leitura sentindo que faltava algo, e ainda continuo assim; sinto que falta algo, talvez alguma coisa que tenha perdido ou não entendido. Gostaria de estar aqui e dizer a vocês que o livro foi a descoberta do ano, mas não é bem assim.
A narrativa é feita em primeira pessoa, podendo nos dar a chance de entender melhor o personagem, e o que acontece com sua vida. O que entendi é que ele é como qualquer jovem; onde sua vida é uma festa. Ele curti cada momento, sendo valioso somente o agora; o maravilhoso agora.
Tudo parecia perfeito ate ele levar um pé na bunda de sua namorada. Ate este momento a leitura é um pouco cansativa, pois não vê nada de tão emocionante acontecendo, apenas um jovem curtindo a vida.
Depois de uma de suas bebedeiras, o qual o fez parar em um quintal qualquer e não saber como parou ali, ele conhece Aimee. Bom esta personagem é aquela típica garota nerd, com óculos, roupas largas e nunca sabe se vestir. Contudo acho esta personagem um encanto, mesmo ela sendo a nerd. Uma pena ela não ter personalidade, isso claro ate ela conhecer o Sutter, e é quando a historia começa a tomar um rumo mais envolvente e engraçado.
Sutter como disse é o garoto típico que ama uma festa, é popular, bebe por demais da conta. Ele não pensa no futuro, só pensa no dia, em como ele vai encher a cara ou ficar chapado. Mesmo isso não me agradando na leitura, ele se mostrou um cara gentil, que não tem vergonha de suas atitudes e além do mais tem um coração enorme, isso você leitor percebe logo de inicio na leitura. E por ele querer sempre o bem de alguém, ou achar que alguém precisa de algo, que ele acaba se envolvendo com a Aimee, sua jogada e faze-la ser uma pessoa melhor, com opinião. Contudo seu conceito é não passar os limites, mas nem tudo é da forma que ele queria.
Neste livro você poderá ter um vislumbre da vida real, de como ela é enxergada pelos jovens, e de como as atitudes deles são. Mas Sutter não é qualquer jovem, mesmo com problemas; ele esta ali feliz e curtindo.
Entendi que a vida é curta para nos preocuparmos com certas coisas, mas deixou a desejar pelo motivo de o personagem não ter um vislumbre do futuro. Tipo: Quem consegue viver somente o agora, mas quem consegue ser feliz com problemas? Tá certo que muitas vezes maquiamos nossa vida, para que outros a vejam como a maravilhosa, mas no fundo nem sempre é assim. Concordo em ter que viver o agora, pois não sabemos o dia do amanhã, mas também acredito que precisamos de motivos e fazer com as coisas aconteçam e para isso pensamos no futuro.
Talvez eu possa estar errada na minha analise a leitura, ao que ela realmente queria transparecer, porem foi exatamente isso que entendi.  A leitura dele foi rápida e ate gostosa, mas acho que faltou algo ali, faltou muitas explicações que eu esperava que fossem ditas no final, só que não.
Vou confessar que fiquei muito braba com o final dele, por que como disse, esperava mais, esperava uma explicação melhor para tudo aquilo que aconteceu. Porem tenho que me contentar com o que tenho.
Talvez para tirar isso que esta martelando a minha cabeça, eu tenha que assistir ao filme, e quem sabe eu compreenda melhor a metáfora do livro, não é.
Recomendo este livro para vocês, mas vão com a cabeça aberta e sem muita expectativa. A narrativa flui rápido e quando percebe já terminou o livro. Aposto que você vai acabar gostando de Sutter, e da forma que ele pensa, e a forma em que ele age com as pessoas. E a Aimee, bom não preciso dizer que ela é uma garota encantadora que conforme você vai lendo, vai percebendo o quanto ela cresceu e o quanto ela mudou.
Um livro para distrair em uma tarde chuvosa, é o que eu diria sobre ele.
A Diagramação do livro, é normal sem nada espetacular. Erro? Não encontrei nenhum na minha leitura. E a capa, agora que li o livro, acho que a capa poderia ser outra. Por que sinceramente não consegui ligar a capa a historia. Porem mesmo assim ela não deixa de ser bonita e bastante atrativa.
É isso pessoal, espero que tenham gostado da resenha. E se tiverem a oportunidade de ler, leiam e depois vem me falar o que acharam. Agora se já leram dê sua opinião, nos fale sobre sua experiência e expectativa sobre a historia.


Beijokas para quem fica...
18

[ Parceria ] Novos Autores



Olá Galerinha!

Tudo bom? Estou vindo apresentar mais autores maravilhosos que aceitaram a parceria com o blog!

Vamos dar as boas vindas?


MARCELO SIQUEIRA E GUSTAVO C. A. SIQUEIRA



Marcelo Siqueira Silva nasceu em 1987 em São Paulo, onde se formou em Naturopatia. Na mesma cidade, seu primo, Gustavo Costa de Almeida Siqueira,nascido no ano de 1986, formou-se em Gestão Ambiental. O interesse por escrever surgiu logo cedo, e não tardou para que definissem similar estilo dentro do gênero Fantasia. Criaram diversos contos e histórias durante nove anos e, no ano de 2009, resolveram iniciar um novo projeto, a trilogia O Príncipe Gato, através do pseudônimo Bento de Luca.  Possuem a forte crença de que existem histórias com o potencial de criar conceitos e despertar nossas emoções; histórias estas a serem contadas, celebradas e recordadas.


 Através de um Buraco de Minhoca — túnel dimensional que interliga dois mundos — localizado no Parque do Trianon, São Paulo, surge um viajante felino movido por uma única e importantíssima missão: a busca por uma lendária ampulheta. Escondida em algum local inóspito da cidade, a relíquia é a única capaz de salvar Marshmallow, terra do Príncipe Gato, que está à beira da destruição. No entanto, parece que ele não foi o único a atravessar o portal. Seres malignos irromperam das barreiras e logo declararam uma caçada voraz, com objetivos mais sombrios...
Além de seus perseguidores, o Gato luta contra seu maior inimigo: o Tempo. É preciso encontrar este objeto antes que seja tarde e seu mundo esteja para sempre perdido. Contudo, ele não estará sozinho nesta empreitada e poderá contar com a ajuda de seus fiéis companheiros.
Fascinante, angustiante e até mesmo engraçada, a história retrata os mistérios jamais desvendados da cidade paulistana, com um toque de magia e esperança.





 Link “BookTrailer 1”: http://www.youtube.com/watch?v=1mSbXYsL9F8

Link “BookTrailer 2”: http://www.youtube.com/watch?v=A22VIC1ilf4

Composição de Bento de Luca 1: http://www.youtube.com/watch?v=JvMWR3HDxqg

Composição de Bento de Luca 2: http://www.youtube.com/watch?v=Yvx2_l92d00

Composição de Bento de Luca 3: http://www.youtube.com/watch?v=BQfQvUU8IJA 


Contatos com os autores:







LUCIANE VIEIRA Z



Luciane Vieira Z nasceu em São Paulo no terceiro ano da escola ganhou um premio de redação tirou o segundo lugar, sempre gostou de ler. Em 1991 iniciou a faculdade de direito, trabalhou na área pública até 2000, quando saiu pensou em realizar algum trabalho provisório em que lhe permitisse conciliar sua vontade de escrever, encontrou na pesquisa de mercado os meios que ansiava. O que ela não supunha era que a pesquisa lhe proporcionasse conhecer a história de vida de milhares de pessoas, conversando todos os dias com pessoas de cultos, classes sócias e dificuldades totalmente antagônicas do Oiapoque ao Chuí a riqueza de informações trazidas pelos relatos das pessoas fazia sua mente fervilhar de ideias, mas colocá-las no papel tornou-se uma dificuldade, que foi vencida anos mais tarde quando leu uma história egípcia, fascinada com o Antigo Egito leu vários livros a respeito fez uma pesquisa minuciosa o que deu origem ao livro Fascínio Egípcio.


No cenário do Antigo Egito, as vidas do príncipe herdeiro e da filha do sacerdote do deus Amon se cruzam, seus pais disputam poder na cidade mais importante do Egito. Ele criado para governar o país, ela retirada pela mãe de uma vida de conforto e luxo é criada escondida em uma vida de muitas dificuldades. A vida de Zeq é marcada pela crença popular que ele é filho de um deus e a vida de Naia é marcada pela descrença desde que a mãe mentiu ao dizer que seu pai estava morto, mas sua mãe na eminência da morte faz uma revelação, seu pai está vivo e lhe entrega uma prova disso. Preocupada com o estado da mãe e sem recursos ela comete um ato desesperado e furta alguns alimentos, na fuga é presa por um guarda do Faraó e levada ao calabouço. O que o futuro Faraó do Egito não imaginava é que ficaria fascinado pela beleza e personalidade da jovem. Naia tem o curso de sua vida drasticamente alterado, pois não sabe se odeia ou ama Zeq e terá que decidir se vive esse amor conturbado e assume a responsabilidade de se tornar a Princesa do Egito! Enquanto ela luta para definir seus sentimentos, tem que enfrentar traumas do passado, desconfianças e inimigos que tentam a todo custo atrapalhar seu relacionamento com Zeq.

Contatos com a autora:

Blog: http://lucianevieiraz.blogspot.com.br/

Fanpage do livro: http://www.facebook.com/FascinioEgipcio

Skoob do livro: http://www.skoob.com.br/livro/254089



CLAUDEMIR OLIVEIRA

Escritor: Claudemir de OliveiraNaturalidade: Cascavel Pr
Editora: Novo Século - SP
Tel para contato: (45) 3035 27 23
Demorou um pouco, talvez não tão pouco assim, mas esse dia chegou após inúmeros “nãos” inúmeras ausências de respostas.... Consegui que “ O Diário de Litat” fosse aprovado pela Editora Novo Século de São Paulo e no dia 05/10/2012 foi lançado em Cascavel na Livraria Nobel, no JL o livro " O Diário de Litat ". O Diário de Litat é um livro que muitos leitores poderão não compreender e ficarão em dúvidas se é um livro de Romance ou um livro de ficção fantástica ou na verdade os dois. O que posso afirmar é que o Diário de Litat fala sobre o sentimento de amor, de uma forma que não terá preconceito quanto a idade ou sexo do leitor, falará sobre a importância desse sentimento para um homem, para uma mulher, para a humanidade e ao mesmo tempo, tentei criar uma fábula onde Litat será um verdadeiro representante do amor na terra e consequentemente terá que enfrentar o lado escuro da humanidade.
Tenho convicção que não irei agradar a todos, mas ficarei muito feliz de ser compreendido por muitos que terão a sensibilidade de compreender o quanto o sentimento do amor é importante e que meu livro não será apenas um passa tempo e sim, que algo fique gravado na memória de muitos leitores por toda a vida. Assim como a escassez de alimento não ocorre para muitos e somente aqueles que já sentiram fome que podem dizer a real importância do alimento, o mesmo ocorre com o sentimento do amor onde apenas aqueles que sabem o que é amar um pai, uma mãe, o companheiro ou companheira, o próximo... Somente esses saberão da importância desse sentimento tão importante para todos.







Bnus e Qeb cresceram no mesmo vilarejo, brincando entre pedras e ruínas e, quando jovens, prometeram ficar juntos sempre. Suas vidas estavam entrelaçadas pelo sentimento mais puro do ser humano: o amor. No entanto, seus sonhos foram ceifados por divindades que os colocaram em caminhos opostos. Os olhos de Bnus, que antes brilhavam de felicidade, se tornam obscurecidos pelo Mal. Qeb, por sua vez, passa a lutar para manter e propagar o Bem pelos vilarejos. Mas embora tenham que se enfrentar por um propósito divino, o amor que os unia prevalece… Litat é o descendente desta história, e nasce com dons herdados desde o tempo de seus avós. Ele terá o livre arbítrio de usá-los, porém, sua omissão poderá acarretar danos ao seu povo.

Contato com o autor:

Fanpage do livro: https://www.facebook.com/pages/O-Di%C3%A1rio-de-Litat/211645542301634



LUCAS ANTÔNIO DOS SANTOS


Lucas Antônio nasceu e mora em Campo Grande MS. Sempre gostou de ler livros de vários gêneros e assistir seriados de suspense, como Supernatural e Fringe. Aos dezessete anos, resolveu escrever o seu primeiro livro inspirando-se nas histórias do Rick Riordan.
Atualmente, com dezoito anos, é acadêmico do curso de medicina veterinária e faz curso de inglês.





 Em um lugar místico, onde os homens possuem guardiões, Eläens, dado de presente pelos elfos há centenas de anos, o caos, derrotado uma vez, está se reerguendo. Vendo isso, os deuses armam um plano para impedi-lo e então, entram em contato com o rei de Alfheim, avisando que enviarão uma espada mágica para Midgard, e que está espada terá força para destruir o grande mal, sendo que alguém será escolhido para empunhá-la.
Em Midgard, o reino do Sul se prepara para uma festa que não acontece como o esperado, obrigando algumas pessoas a partirem do reino. Durante a viagem, elas passam por várias dificuldades e uma dessas pessoas é escolhida ao entrar em contato com a espada.A partir desse dia essa pessoa recebe ajuda dos elfos, dos deuses e treina constantemente para uma grande batalha que está por vir. Porém um fato inesperado acontece causando uma surpreendente reviravolta na batalha.


Contatos com o autor:

Fanpage: https://www.facebook.com/CronicasDoBemEOMalOErroDosDeuses

Facebook:https://www.facebook.com/lucas.antonio.5815



SHURE MEI UEN


Shure Mei Uen, nasceu em 1963, num lugar conhecido como Ilha Formosa, em Taiwan. Chegou ao Brasil em 1973 e foi morar em São Paulo, onde sempre estudou em escolas estaduais. Em 1981, se mudou novamente, desta vez para Pernambuco, local em que permanece até hoje.Sua paixão pela leitura começou pelo gênero de romance policial. Depois de ler algumas obras, o gosto pela escrita foi aflorado. A princípio começou a escrever sem dar muita importância, mas agora não consegue mais parar. “As Montanhas de Miley” é a sua estreia no universo literário.Depois dessa obra, a sua mente continua em plena profusão de histórias que em breve poderá ser conferida pelo público. Atualmente possui dois livros publicados: As Montanhas de Miley e Três Amores e Uma Fronteira.





Três irmãs, três histórias de amor. Embora bastantes diferentes uma das outras, elas guardam um segredo para proteger a família. A morte de um jovem devastou a Fazenda White Horse, da família Feewell. Kelly, filha de uma delas, foi levada para outra cidade, mesmo antes que fossem encontrada as ossadas do jovem, perto da fazenda. Treze anos depois, ela volta para o enterro de sua avó e acaba descobrindo o outro lado das histórias de duas tias e do seu pai. 'Três Amores e Uma Fronteira' tem personagens fortes, narra a coragem de cada um deles na missão de proteger as três senhoras Freewell contra seus inimigos que ressurgiram depois da volta de Kelly. Cada personagem narra a sua história - o presente e o passado. Aos poucos vai sendo desvendado o segredo que as três irmãs tanto guardam, quando começam a parecer as provas de um crime.







 Miley possuía um metro e sessenta de altura, olhos levemente puxados cor de mel escuro, nariz afinado, lábios grossos e o cabelo comprido e liso com pontas levemente onduladas. Era, sem dúvida, uma mestiça muito bonita. Estava prestes a completar dezoito anos e morava com sua mãe, Lea, em um casarão que pertencera ao seu avô Tom Hokiman, em Kawai. Sua rotina muda com a visita do interessante Nick, um militar americano que veio ao país para oferecer uma homenagem ao seu avô pelos serviços prestados ao exército dos Estados Unidos. Charles, o tio de Miley, retorna ao país para convencer Lea e Miley a abandonar o casarão. Elas se recusam, porém após descobrir um segredo da sua mãe, Miley pede a ajuda de Nick e decide partir para Nova York para mudar de vida. Mas o que a jovem não sabia é que o destino já havia reservado mais surpresas para ela, que acabariam influenciando na vida de muitas pessoas. “As Montanhas de Miley” é um livro que mostra como a vida toma rumos diferentes do que esperamos. Trata de angústia, decepção, sucesso, inveja, amor, dúvida, ou seja, sentimentos muito presentes em nosso dia-a-dia. A personagem Miley é corajosa e acima de tudo humilde, pois a sua personalidade não muda ao longo da trama.


Contatos com a autora:





Compra de livros diretamente com a autora pelo e-mail.




Christopher Kastensmidt


As obras de ficção e poesia do Christopher já foram publicadas em onze países. Ele foi finalista do Prêmio Nebula de 2010, o "Oscar" da literatura fantástica. Ele já palestrou em vários eventos literários, como a Convenção Mundial de Ficção Científica, a Convenção Mundial de Fantasia, a Jornada Nacional de Literatura e o Simpósio de Literatura Fantástica. Ele idealizou do Concurso Hydra, uma iniciativa para expor autores de literatura fantástica brasileira no exterior, e coorganizou da Odisséia de Literatura Fantástica, um evento para promover autores nacionais. Na área de games, Christopher participou da criação de trinta games publicados internacionalmente. Ele dirigiu a empresa de desenvolvimento Southlogic Studios por dez anos antes de negociar a venda dela para a gigante multinacional de entretenimento Ubisoft Entertainment, onde ele se tornou Diretor Criativo do Brasil. O título Wedding Designer, baseado no conceito original dele, vendeu mais de 1,2 milhão de cópias, sendo o game brasileiro mais vendido de todos os tempos. Atualmente, Christopher leciona na UniRitter. Ele nasceu em Houston, Texas mas mora em Porto Alegre.




O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara, de Christopher Kastensmidt. Van Oost, um aventureiro e viajante holandês, e Oludara, um guerreiro ioruba tomado como escravo, encontram-se em Salvador durante o Brasil Colônia, dispostos a, com muita astúcia e coragem, formar uma dupla de heróis como nunca se viu.
“Gostei de ‘O Encontro Fortuito de Gerard van Oost e Oludara’, de Christopher Kastensmidt. Esta é uma espécie de história de origem, e por isso vemos cada herói realizar um feito de heroísmo (e esperteza), preparando as próximas aventuras da dupla.”
—Rich Horton, Locus Magazine
A Travessia, de Roberto de Sousa Causo. Em um Brasil pré-colombiano, o índio Tajarê e sua mulher, a sacerdotisa viking Sjala, tentam voltar para casa, fugindo da ira das amazonas, mas antes precisam chegar à outra margem do Grande Rio — enquanto a floresta é tomada por criaturas monstruosas.
“Com seu estilo rico e seguro, Causo vai tecendo uma epopéia admirável, plena de detalhes e com vocabulário extenso.”
—Miguel Carqueija, Scarium Onlin



 A Batalha Temerária contra o Capelobo, de Kastensmidt. A dupla de heróis Gerard van Oost e Oludara sob poder dos tupinambás antropófogos. Para sobreviver, o aventureiro holandês e seu companheiro ioruba terão que enfrentar um inimigo ainda mais perigoso — um monstro invulnerável que também aprecia carne humana: ocapelobo.A segunda noveleta da série que rendeu a Kastensmidt uma indicação ao Prêmio Nebula 2011.
Encontros de Sangue, de Causo. A jornada da feiticeira viking Sjala, separada do herói Tajarê, no seu retorno à Aldeia do Coração da Terra, localizada no centro da Amazônia pré-colombiana. No caminho, igpupiaras e icamiabas, pajés transmutados em jacarés e jibóias gigantes, e civilizações indígenas intocadas pela ganância européia, mas ameaçada pela guerra.
Uma novela épica dentro da pioneira Saga de Tajarê, iniciada com A Sombra dos Homens.



 O Desconveniente Casamento de Oludara e Arani, de Christopher Kastensmidt. A dupla de aventureiros Gerard van Oost e Oludara, um holandês e um africano, encontra lar numa aldeia dos tupinambás. Mas a vida está longe de ser tranquila, especialmente quando Oludara assume o desejo de se casar com a bela Arani – que está prometida a um dos mais poderosos seres das terras selvagens do Brasil Colônia. Uma vertiginosa aventura de momentos belos e divertidos, com muita magia e perigos incomuns.O Relato do Herege, de Simone Saueressig. Índigo Ruiz Lepes, um herege degredado à colônia portuguesa no Brasil, também se envolve com uma mulher indígena – mas na região das missões no sul do território brasileiro. Ele é forçado por Diego de La Carta, o seu algoz na missão em que vive e trabalha, a invocar a mais poderosa entidade da natureza. Sombria, a narrativa envolvente fornece contraponto ideal à história de Kastensmidt.




Contatos com o autor:

Blog:  http://abandeira.org/

Facebook: https://www.facebook.com/Chris.Kastensmidt



Por hoje é só pessoal!

Espero que tenham gostado!

Beijinhos!
2

O fim das adaptações literárias... E se?

Hey, guys!

Hoje venho trazer uma temática para vocês. Quem sabe a partir de 2.015 nenhum livro possa mais ser adaptado. E aí? Como ficaria?

É uma boa temática, e eu gostaria que o máximo de pessoas possível interagisse com suas opiniões aqui mesmo nos comentários. Porque, veja bem: quando dois países não se dão bem econômica ideologicamente, qualquer relação entre eles são cortadas. É o caso de Coréia do Sul e do Norte, Ucrânia e Rússia atualmente, Venezuela e o resto dos latino-americanos (convenhamos), Inglaterra e França e muitas etc. EUA e Rússia são como dois irmãos que, conforme vão crescendo, vão se entendendo.

Ok. Que metáfora é essa? Simples: Livros e filmes de livros. Nem sempre se dão bem, e parece que é especialidade de todo mundo (até quem não entende nada de Literatura em geral) falar que filme de livro é uma bosta. E pronto! Foi colocado um conceito na esfera global que só pode ser superado quando os Cullen matarem os Volturi: filme de livro é uma bosta.

- Ah, mas...

- Cala a boca. É uma bosta e pronto!

Como resolver isso?

Estou com uma temática há alguns dias, porque estou me envolvendo cada vez mais na Literatura. E, por incrível que pareça, mais colegas meus estão chegando ao nível "Amantes de 50 Tons de Cinza" e querendo falar de livros como se fossem qualquer coisa. E acham que isso é diploma para discutir qualquer tema sobre Literatura. Entram no assunto "adaptações literárias" e aí meu esôfago reclama.

"Filme de livro nunca presta"
- Ok. Baseado em quê você afirma isso?

"Os filmes não têm aquela mesma emoção que os livros porque no filme a gente assiste às cenas e nos livros a gente lê"
- Ahn?

"Todos os filmes que eu assisti não colocaram todas as coisas que tinham nos livros"
- Avá.

Enfim, comentários assim. Quando falamos sobre adaptações literárias essas pessoas, elas reagem como o Edward quando pega um solzinho. Não há argumentos capazes de convencê-las que uma adaptação literária deve ser criticada com base nos seus fatores: resumidamente que livros não têm limite e filme tem que acabar em duas horas, falo isso todas as segundas-feiras por aqui. Semana passada eu "trouxe" dois especialistas no assunto do The New York Times para reafirmarem tudo isso (confira clicando aqui).

Agora vamos pensar no seguinte: e se fosse decretado que a partir de 2.015, por exemplo, nenhum filme poderá ser produzido a caráter de adaptação ou base em alguma obra literária? Aí entra a ideia dos países. Eu já quero deixar bem claro que nessa postagem não estou dando minha opinião a favor de nada, assim como não estou em cima do muro. Apenas laço essa questão.

Prós:

- Os filmes são disponibilizados para todos, então qualquer um pode fazer uma crítica, que sempre acaba sendo negativa. Se não houver mais adaptações, ninguém poderá julgá-las com ignorância;
- O geral da obra não será classificado de acordo apenas com a vertente cinematográfica;
- Os livros se tornarão destaques sendo apenas livros, sem ajuda do visual;
- Produtoras de Hollywood terão um setor a menos para ganhar dinheiro;
- Cada macaco no seu galho: autores premiados por seus livros e produtoras por seus filmes individuais. Nada de um roubar o título do outro (ou vai dizer que a HBO nunca foi apontada como criadora de Guerra dos Tronos, deixando o mágico George R.R. Martin de fora?)

Contras:

- Menos pessoas se interessarão pelos livros;
- Livros juvenis terão cada vez mais trabalhos para atrair justamente os juvenis;
- O único estilo que poderia atrair a nova geração à leitura seria as adaptações de jogos eletrônicos;
- Autores não teriam o orgulho de assistir uma cena que surgiu em sua própria mente.

Novamente digo: não estou tomando nenhuma posição com essa postagem. Apenas coloco este debate e gostaria que vocês participassem!

Abraços!
25