29 outubro 2014

Amor Sem Limites - Abbi Glines

Resenha por: Ana Zuky
Título: Amor Sem Limites
Trilogia: Sem Limites
Série: Rosemary Beach
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance
Subgênero: Novo Adulto/ New Adult
Páginas:192
Compare: Buscapé
Compre: Extra  /  Amazon  /  Saraiva  / Submarino / Americanas
Nota:

Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia. Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível. Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.

Chegamos finalmente ao ultimo livro que narra a historia de Blaire e Rush, o romance que desde o inicio se mostrou conturbado e frágil. Ambos são personagens teimosos, que veem coisas onde não há. E caindo em armações que dava na cara. Contudo como sempre digo a minha pessoa: Isso é apenas um livro, uma ficção, onde tudo pode, ate os personagens podem não ver o que esta na cara. rs"

Vou confessar o porquê da minha demora de ler e resenhar este livro. Estava um tanto ansiosa por demais para saber o desfecho deste romance, e para não estragar com a leitura, dei este tempo. Digo: Ainda bem que o fiz, caso contrario, minha ansiedade estragaria as coisas.
Para quem conhece a historia, sabe bem o quanto o romance deste casal é sensível, qualquer coisa que aconteça pode desestruturar o momento deles. E como sempre, isso é causado pela família de Rush, porem desta vez a pessoa a sacanear não é a irmã dele a Nan, e sim o pai dele com os problemas - parece que somente Rush é capaz de resolver - para balançar nosso casal.

A história segue uma receita que Glines adora aquela que você já sabe o que acontecera, e nada assim de tão novo acontece. Mas em minha opinião este livro com sua trama foram mais envolventes, me fez ficarem frangalhos de tão angustiada de como estava acontece, por isso a minha nota de cinco estrelas. Senti-me totalmente envolvida com o coração apertado.
Mas a Blaire continua a mesma, a insegura. Rush já deu provas o suficiente de que ela é: a mulher que ele sonhou. E não faria nada para prejudicar o relacionamento deles, que por sinal esta a mil com a chegada do bebe.
Mas não, a Blaire tem que se sentir inferior a tudo e a todos, e assim sendo insegura e vendo chifre em cavalos. O raiva hei.
Mesmo com isso, teve uma cena na leitura deste livro que cativou, ela se mostrou forte o suficiente para me fazer esquecer as burrices dela.
Rush... Nem tem o que falar. O cara... É o cara!
Lembram que falei que no primeiro livro ele era arrogante e insensível? Então, essas qualificações ficaram somente no passado, pois a cada livro que lido eu me senti mais encantada. Um cara fortão, e cheio de si, que agora se mostra amoroso, apaixonado e sensível pela sua nova família.
A irmã de Rush, Nan não aparece, apenas sabemos de boatos sobre ela. Porem têm personagens secundários, que farão o livro ficar mais interessante.

A capa do livro deste livro em minha opinião não é a melhor, não me simpatizei com a capa. Lembro-me da votação que teve sobre a capa e não votei nela. A diagramação é simples, fontes no tamanho normal, erros nenhum encontrado.

Indico? É claro que sim. Glines é conhecida por não se enrolar na sua historia, ela é curta e reta, não há enrolação, nem muito blábláblá. O que é bom para quem gosta, assim como eu. Um romance contemporâneo que vai conquistar seu coração.


Beijokas para quem fica...

13 comentários:

  1. Oi Ana, preciso dessa trilogia! Só elogios para ela. Preciso mesmo. Gostei e acompanhei as resenhas desde o início, mas sempre deixei de comprá-los por outros, uma tristeza. Espero lê-los em breve e ver o final do casal HAHAHAHA Adorei a sua resenha e fiquei ainda mais curiosa para lê-lo.

    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
  2. Oi Aninha. Esta é minha leitura do momento, o começo foi um pouco ruim. Mas agora estou gostando. O problema está sendo a Nannette. O menina insuportável. Blaire tem essa insegurança que me dar nos nervos às vezes. Grant é um personagem que gosto, quero ler o livro dele.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  3. Oii Ana!!

    Aaah eu preciso ser mais assim, enrolar pra não ir afobada demais na leitura. Não li esse livro ainda, vi em alguns blogs mas não tinha me interessado. Eu estou afim de ler mais romances, faz tempo que não lia, voltei agora. Gostei da evolução do personagem e principalmente de saber que a leitura não tem muito bla bla bla. Isso acaba me irritando muito!
    Curti.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  4. Rush é com certeza o cara, porque se ela já chegou no terceiro livro e continua se sentindo dessa forma, desse ver um pé no saco. Já vi que preciso respirar fundo antes de iniciar essa série rs
    Mas saber do seu envolvimento com a série da uma animada.
    Escuto muitos elogios autora, espero poder iniciar essa trilogia em breve =)

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  5. Ana, confesso que esses personagens que não veem o que está na cara costumam me irritar bastante... rs... não sei ainda se leria os livros da autora, pra falar a verdade eu gosto de um pouco de enrolação, hahaha... Mas quem sabe um dia a animação chega, né?

    beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Ola! Amo um bom romance e você ainda disse que é sem enrolacao então deve ser perfeito! Não gosto daqueles que ficam com muita cerimônia!
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Eu não li nada dessa autora ainda e confesso que não tenho interesse em ler esse livro, ainda mais porque ele se trata do último volume de uma série e eu fujo de séries sempre que possível kkkkk Mas eu gostei de você ter comentado que a autora não enrola na história, é tão chato quando a história tem tudo para ser boa e fica naquela enrolação, né? :/ Enfim, eu gostei da resenha e quem sabe mais para a frente dou uma chance para a autora oo/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ana
    Eu ainda não li essa série e apesar de não gostar muito desse gênero new adult, essa série me interessa pelo tanto de elogios. Inclusive aqui no S.A.
    Eu tambem gosto de dar um tempinho nos desfechos de séries para não acabar logo. hahaha Eu não sei se me sentiria bem com esses personagens não enxergando o que está na cara deles :( Mas é tudo ficção ne? HAUSHUAH
    Eu adoro essa escrita curta e grossa que você menciona. Não curto enrolação. Espero que eu goste do desfecho quando o ler e me apaixone por esse relacionamento frágil e conturbado do livro.

    Abraços
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana,

    Bom eu sinto muita vontade de ler essa trilogia, eu já li algumas cenas e me apaixonei, mas ainda não tive tempo e nem dinheiro para o livro, vendo que tem muitos outros livros na frente, não acho essa capa tão bonita assim!

    Mayla

    ResponderExcluir
  10. Já ouvi falar boas coisas sobre essa série de livros, mas sempre deixo pra lá por não fazer muito meu estilo de leitura :)
    Beijos
    Iris
    literalmentefalando.com.br

    ResponderExcluir
  11. Nunca li nada da autora. :( Ela é minha leitura adiada. Sempre acontece algo que me impede de adquirir os exemplares.
    E você me deu um baita incentivo ao dizer que não tem "bá blá blá". Amo quando o autor é direto ao ponto.

    Beijooos!
    Vivendo em Livros

    ResponderExcluir
  12. Ana, ainda não li nada da Abbi Glines, mas esse em especial parece ser muito mimimizento. Sei lá, tenho medo de me decepcionar com essa fragilidade toda do casal. Mas ainda pretendo ler, começando do começo pra não me perder. rsrsrs Pelas suas notas, vale a pena arriscar.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Ana!
    Amo de paixão essa série, morro de amores pelos meninos da Abbi rsrs
    Estou com esse livro pra ler, mas cadê o tempo?
    Confesso que teve momentos que eu quis dar uns tapas no Rush rsrs
    Adorei sua resenha, deu vontade de pegar o livro pra ler, uma pena que não posso :(

    Beijos!

    ResponderExcluir