12 novembro 2014

Lançamentos - Grupo Editorial Record

Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga. Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora. Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door. Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez. Em Bela distração, o leitor vai mergulhar novamente nas emoções do universo de Belo desastre, além de vislumbrar mais alguns momentos do casal mais amado da literatura new adult, Travis e Abby.


Landon Lucas Maxfield teve uma infância privilegiada, levando uma vida tranquila com os pais e tendo um futuro promissor à sua frente até que uma tragédia impensável destruiu sua família e o fez duvidar de tudo que um dia pareceu tão certo. Agora um intenso e enigmático homem, Lucas só quer deixar o passado para trás. Quando ele conheceu Jacqueline, foi fácil desejar ser tudo aquilo de que ela precisava. Mas se há uma coisa que a vida lhe ensinou é que a alma é frágil e que todos os seus sonhos podem ser destruídos em um piscar de olhos.


Uma adaptação moderna de Orgulho e Preconceito, baseada na série The Lizzie Bennet Diaries. Lizzie Bennet é uma jovem estudante de comunicação que resolve fazer um vlog como projeto para a faculdade, postando vídeos em que reflete sobre sua vida e a de suas irmãs. Quando dois amigos ricos e charmosos chegam à cidade, as coisas começam a ficar mais interessantes para as irmãs Bennet - e para os seguidores de Lizzie na internet. De repente, Lizzie - que sempre se considerou uma garota bastante normal - se torna uma figura pública. Mas nem tudo acontece diante das câmeras. E, felizmente para nós, ela escreve um diário secreto...~ "O Diário Secreto de Lizzie Bennet é, com certeza, a melhor adaptação literária de Orgulho e Preconceito de todos os tempos. Um livro inteligente, muito divertido, muito Jane! Os amantes de Lizzie e Darcy precisam tê-lo na estante." - Carina Rissi, autora de Procura-se Um Marido e da série Perdida


Thaís acabou de mudar com a família para o Rio de Janeiro e em breve vai começar as aulas em um novo colégio. Ela está ansiosa para fazer amigos e descobrir mais sobre seu vizinho Pedro, dono dos olhos verdes mais incríveis que ela já viu. Leitora assídua da revista Universo Teen, Thaís ficou tão decepcionada quando sua pergunta não foi publicada na coluna dos leitores que decidiu criar o blog Consultora Teen como um canal de comunicação com outros adolescentes. O que ela não sabia era que uma simples brincadeira de uma tarde na internet ia transformá-la na blogueira mais famosa do colégio e uma das mais populares de todo o Brasil! Com um detalhe importante: ninguém sabe que é ela quem está por trás do blog. O que poderá acontecer se esse segredo for revelado? Acompanhe a história de Thaís conforme ela enfrenta novos desafios e percebe que crescer pode parecer assustador, mas também é uma experiência gratificante e muito divertida!


AS MULHERES NÃO MATAM A SANGUE-FRIO. A NÃO SER QUE TENHAM UM MOTIVO PARA FAZÊ-LO. Hugo Fletcher parece ser o homem perfeito. Bonito, rico, uma reputação impecável não é à toa que a mídia o adora. O fato de ser encontrado morto, nu e amarrado a uma cama em seu apartamento em Londres não combina com a imagem que todos têm dele. Para o inspetor-chefe Tom Douglas, uma coisa é clara: cada aspecto da cena do crime o leva a desconfiar de que o culpado é uma mulher. Na busca pelo assassino, Tom descobre os detalhes mais hediondos e chocantes da vida pessoal da vítima longe dos holofotes. Quando a investigação chega a um ponto crucial, ele começa a perceber que o caso se trata de algo muito maior do que um simples assassinato. E isso o deixa em um terrível dilema: quando se trata de homens como Hugo Fletcher, os culpados devem ser punidos? Ou os inocentes devem ser protegidos?


Emily Coleman tem uma vida aparentemente feliz, um filho adorável e um marido perfeito, mas, numa certa manhã, decide deixar tudo para trás... Para onde ir agora? O que fazer? Emily está perdida, sozinha no mundo e, por mais que ela tente, não consegue fugir de um passado perturbador. Com uma narrativa ágil e instigante, Tina Seskis conduz o leitor por frustrações, medos e traumas da protagonista que, depois de uma reviravolta em sua vida perfeita, decidiu que o melhor a fazer seria fugir do próprio destino. Com um final surpreendente e uma trama de tirar o fôlego, Indo longo demais é um suspense fascinante, que prende o leitor do início até a última página.


Ao trocar a fria Oslo por Hong Kong, Harry Hole encontra refúgio no ópio, no álcool e nos jogos de azar para fugir de sua antiga vida. Porém, por mais que ele tente se manter afastado, um sórdido assassino consegue trazê-lo de volta à realidade. Duas mulheres são encontradas afogadas no próprio sangue, e uma terceira é morta por enforcamento. A cobertura da imprensa provoca grande comoção na cidade. Não há pistas do assassino, a única conexão entre as mortes é o fato de que todas as vítimas passaram a noite em uma cabana isolada nas montanhas. Conforme a investigação avança, Harry tem certeza de que está lidando com um perigoso e implacável assassino, que escolhe suas vítimas a dedo. Porém, ele não imagina que, ao assumir o caso, coloca-se também na mira desse perigoso psicopata.


Oeste é um romance de tirar o fôlego, uma história surpreendente que se passa no submundo do jogo do bicho no Rio de Janeiro e envolve a cúpula do governo do estado, das escolas de samba e da polícia. Após a morte de Nabor, o capo dos bicheiros, seu legado é disputado entre famílias contraventoras e pelos seus próprios herdeiros. Sem a mediação de Nabor, a guerra do jogo do bicho se transforma em um banho de sangue, em que todos têm seu preço e nem mesmo o aliado mais fiel é confiável. Com a capacidade de criar reviravoltas dignas de Mario Puzo, autor de O Poderoso Chefão, Alexandre Fraga brinda o leitor com uma viagem vertiginosa por um universo tão fascinante quanto perigoso, e que está mais próximo do que imaginamos. Os direitos de adaptação para o cinema já foram vendidos e as filmagens devem começar ainda em 2014, em uma superprodução que promete agradar o público de Tropa de Elite. Alexandre Fraga é policial federal e roteirista. 


A jovem e bela esposa do traficante de drogas Kenan Khoury é sequestrada em plena luz do dia. Os sequestradores pedem o resgate, prontamente pago por Kenan após uma breve negociação. Então ele a recebe de volta... esquartejada no porta-malas de um carro abandonado. O detetive particular Matt Scudder é contratado para investigar as motivações desse tenebroso rapto e localizar os responsáveis. Apesar de não ter nenhum apreço especial por traficantes, Matt sabe que um homem como Kenan não pode recorrer à polícia. Conforme avança, ele descobre uma tenebrosa semelhança com outros casos ocorridos em Nova York. Assim, a investigação de Matt se torna uma corrida contra o tempo enquanto reúne as poucas informações que consegue para evitar uma nova vítima. Caçada mortal foi adaptado para os cinemas como Liam Neeson no papel de Matt Scudder e tem estreia prevista no Brasil para dezembro deste ano.

Durante o verão de 1861, os exércitos do norte e do sul dos Estados Unidos se preparam para travar o que entraria para a história como a Guerra de Secessão. Rebelde é a fantástica história de como o jovem nortista Nathaniel Starbuck se rebela e luta a favor dos sulistas. Abandonado pela mulher que julgava amá-lo e afastado da família, Nathaniel chega a Richmond, na Virgínia, capital da Confederação sulista. Lá, depara-se com uma turba acossando nortistas e tenta não se envolver. Porém, quando percebe que seu sobrenome é capaz de gerar uma fúria ainda maior — pois é filho do reverendo Elial Starbuck, grande defensor de ideias antiescravagistas —, é resgatado por Washington Faulconer, um milionário excêntrico que deseja reunir uma companhia de elite para lutar contra os ianques. Como forma de gratidão, Nathaniel se alista na Legião Faulconer, mesmo sabendo que isso significa ter de lutar contra o próprio povo. Outros cidadãos enfrentam dilemas semelhantes, no entanto, em pouco tempo, todos se renderão ao caos e à violência que dividiu a América em duas. 


Homens, mulheres & filhos é a melhor obra de ficção já escrita sobre a sexualidade de adolescentes e adultos em tempos de Internet. O autor cria uma rede de personagens que levam vidas comuns e aparentemente normais, mas, no fundo, repletas de neuroses, fraquezas, pudores, perversões, inseguranças, ingenuidades, e cujo comportamento é influenciado diretamente pela mídia e pelo mundo virtual. O filho obcecado por videogames, a adolescente com mania de magreza, a mãe superprotetora, a filha rebelde, o jovem deprimido, a esposa que não se sente mais desejada, o marido que foi abandonado pela mulher, o pai viciado em pornografia on-line neste livro fantástico existe um personagem para cada um de nós. Homens, mulheres & filhos abre uma janela para mostrar, de um jeito direto, honesto, às vezes trágico, algumas vezes cômico, como funciona a cultura emocionalmente traiçoeira em que vivemos. Um livro extremamente bem escrito que vai entreter o leitor e, ao mesmo tempo, fazê-lo pensar. Homens, mulheres & filhos foi adaptado para o cinema e o filme (de mesmo nome) estreia no Brasil em 4 de dezembro. O filme foi dirigido pelo aclamado Jason Reitman e estrelado por Adam Sandler, Jennifer Garner, Emma Thompson, Judy Greer e Ansel Elgort (o jovem ator que interpretou o personagem Gus no filme A culpa é das estrelas). Homens, mulheres & filhos é um retrato sem paralelo da política sexual na era das redes sociais. Ele me faz lembrar do primeiro contato que tive com filmes como A primeira noite de um homem e Beleza americana. Jason Reitman, diretor de Juno e Amor sem escalas. Este livro mostra a solidão em um mundo no qual mensagens de texto no Facebook e chats on-line são considerados formas íntimas de comunicação. New York Times 


Carey, Beth e Pam são bem-sucedidas no trabalho, mas não no amor. Agora, perto dos 40 anos, sentem o tempo se esgotar e decidem ter um bebê antes que seja tarde demais. Porém, se deparam com um problema: elas não têm um pai para a criança. Carey é quem dá o primeiro passo em direção à maternidade e procura um doador anônimo, mas o que encontra é uma poção mágica. Nessa mesma época, ela conhece um homem, se apaixona, fica grávida de modo convencional e passa sua poção mágica para Beth. Tudo se repete. Beth conhece um homem. Beth fica grávida. Beth passa a poção para Pam. E a magia funciona de novo. Depois de contratempos e decepções, as três mulheres formam suas famílias, e suas histórias de amor e amizade mostram que nunca se deve perder a esperança.


Desde o começo, o cinema sempre procurou a literatura como fonte de inspiração. No entanto, o segredo para transpor a história das páginas para a tela parece conhecido apenas por alguns poucos. Por que nomes como Kubrick, Renoir e Bresson foram capazes de criar obras capitais enquanto outros fracassaram enormemente? Este livro examina a arte e a técnica da adaptação através de cem casos que levantam questões amplamente diversificadas. Este mergulho edificante no mundo da sétima arte mistura filmes de diversas nacionalidades, épocas e gêneros, da literatura policial à ficção científica. Uma ferramenta para todos — escritores, roteiristas e cinéfilos — que, através de exemplos concretos, vai proporcionar uma nova visão sobre a adaptação literária para o cinema.


Sophia Loren sempre encantou o mundo com sua beleza estonteante, seu charme incomparável e suas atuações marcantes. No entanto, pouco sabemos sobre a mulher por trás das câmeras. Agora, ao completar oitenta anos de vida, Loren resolve contar sua história que, segundo ela própria, mais se assemelha a um conto de fadas. Abordando desde a infância pobre na Nápoles em guerra até os tapetes vermelhos de Hollywood, Cannes e Berlim, Ontem, hoje e amanhã é um livro revelador não apenas em relação à vida pessoal de Sophia Loren, mas também sobre a história do cinema e de outros grandes nomes da sétima arte com quem Loren dividiu os holofotes: Marcello Mastroianni, Vittorio De Sica, Peter Sellers, Charlie Chaplin e Audrey Hepburn, apenas para citar alguns. Escrito a partir do coração, Ontem, hoje e amanhã é uma viagem emocionante na história do cinema, um grande romance cheio de vida, um conto de fadas que um dia se tornou realidade.



7 comentários:

  1. Olá, Ana!

    Dos lançamentos desse mês, fiquei interessado apenas em "Caçada Mortal". Adoro livros policiais e com investigações de tirar o fôlego! Adorei a premissa e espero poder adquirir meu exemplar o mais breve possivel.

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana.
    Sempre acho complicado escolher livros do grupo, sempre trazem ótimos lançamentos, dá vontade de ter todos, mas como não é possível, o diário secreto, apenas os inocentes e indo longe demais são minha escolhas.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  3. Ai, mas tem um monte que quero!
    Breakable eu comprei pra Tammara autografar! A Consultora Teen eu quero pra ler algo da Patricia diferente da série As MAIS. Também me interessei por O Diário porque quero ler algo "tipo Jane Austen", mas com cara moderna.
    Os livros Caçada Mortal e Três Chances para o Acaso eu não conhecia, mas fiquei bem curiosa pra ler.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Fiquei bastante interessada em Bela Distração, Breakable e O diário Secreto de Lizzie Bennet

    ResponderExcluir
  5. A editora Record ta arrasando com os lançamentos e as promoções que estão rolando no site.
    Necessito de Bela Distração e Breakable, mas os outros não ficam de fora não... rsrsrsrsrsrsrs

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  6. "Homens, mulheres e filhos" está entre os meus favoritos.
    O elenco da adaptação está sensacional e quero conferir ambos, livro e filme.

    ResponderExcluir