16 fevereiro 2015

50 Tons de Cinza quebra a banca...


Quem diria, apenas em um fim de semana - desde a estreia - o filme 50 tons de cinza praticamente quebra a banca. Por que? Ele teve numa soma total de vendas de ingresso para o filme no valor de US$ 239 milhões. Podem fechar a boca, por favor. Estou ate agora me recompor. Rs
Não, agora pasmem mais; no Brasil o faturamento das vendas foi para mais de R$25 milhões - somos fracos não -. Isso por que a soma foi feita por cima, sem ser computorizada e houve bilheterias que ainda não levantaram uma soma. Provavelmente a soma geral ultrapasse, mas que a Universal Pictures deve estar dando pulinhos de alegria, isso deve. Pois o filme ultrapassou ate mesmo ao próprio filme que deu origem a historia de 50 Tons, a saga Crepúsculo. 

Apos a estreia dá para achar opiniões diversas sobre o filme - não fui ainda ver o filme -, gente que amou, dizendo ate que a adaptação foi melhor que o próprio livro, e aqueles que não gostaram achando vulgar e repulsivo. Minha nossa é tanta opinião que acabo tendo assistido antes mesmo de ir ao cinema.

Agora voltando ao assunto original... Se apenas nesses 4 dias já teve tudo isso, imagine ao longo ate sair de cartaz. Você ai, já assistiu? Fale o que você achou.

Um comentário:

  1. assisti hoje aos 50 tons e por mais que minha amiga tenha odiado eu compreendi a essência da trama, trazer este sádico que reaprende a amar pela pureza do outro, no caso Ana, sim, achei que ela ficou muitooooooo pelada, tipo nunca ouviu falar de sutiã? Mas assim como o livro o filme foi uma libertação de um tabu, pois antes o sexo sacana era proibido, imoral e ardiloso. Hoje, com esse debate do que é erótico, o que é limite rígido e tal conseguimos ao menos falar, pensar e expandir a mente! Como toda a adaptação mudaram um pouco, mas a essência da trama permanece!
    Trilha foi linda demais, pra ouvir mil vezes e essas cenas de sexo devem ter sido bem constrangedoras para serem gravadas. Agora é esperar 50 tons mais escuros ^^
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir