26 abril 2016

Red Hill - Jamie McGuire

Resenha por: Ana Zuky
Título:Red Hill
Autor(a): Jamie McGuire
Editora:Verus
Gênero:  Ficção Apocalíptica / Drama / Romance
Páginas: 350
Ano:2015
Compre e Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Nota:
Sinopse: Red Hill - Para Scarlet, cuidar de suas duas filhas sozinha significa que lutar pelo amanhã é uma batalha diária. Nathan tem uma mulher, mas não se lembra o que é estar apaixonado; a única coisa que faz a volta para casa valer a pena é sua filha Zoe. A maior preocupação de Miranda é saber se seu carro tem espaço suficiente para sua irmã e seus amigos irem viajar no fim de semana, escapando das provas finais da faculdade. Quando a notícia de uma epidemia mortal se espalha, essas pessoas comuns se deparam com situações extraordinárias e, de repente, seus destinos se misturam. Percebendo que não conseguiriam fugir do perigo, Scarlet, Nathan, e Miranda procuram desesperadamente por abrigo no mesmo rancho isolado, o Red Hill. Emoções estão a flor da pele quando novos e velhos relacionamentos são testados diante do terrível inimigo – um inimigo que já não se lembra mais o que é ser humano. O que acontece quando aquele por quem você morreria, se transforma naquele que pode lhe destruir? Red Hill prende desde a primeira página e é impossível deixa-lo até o final surpreendente. Este é o melhor da autora Jamie McGuire! 
Red Hill escrito pela Jamie McGuire, famosa pelo romance, novo adulto, Belo Desastre e Spin-off Bela Distração, ambos publicados no Brasil pela Verus Editora, ela nos apresenta a um novo mundo, a uma nova escrita, insinuando que não é uma simples escritora, não será apenas seus romances a marcar impacto, e sim, agora, um mundo apocalíptico zumbi, com ação, cenas impactantes e a mensagem sobre os sentimentos humanos. Então começo a resenha perguntando: O que você faria, se da noite para o dia, aquilo que você sabia sobre zumbis, que antes eram meras ações fictícias que o cinema e a tv apresentava, se tornasse real?

A narrativa é feita em 3º pessoa, por três personagens: Scarlet, Nathan e Miranda.
Scarlet trabalhava no hospital quando se deparou com o primeiro caso, uma garota que foi mordida por um bêbado, agora estava 9 quilos mais magra, a pele apresentando um certo tom nada natural e que após os exames, que na consciência dela e outros médicos era impossível, tentam reverter a situação que de nada adiantou. Novos casos deixam o hospital lotado e dentro de poucas horas o local de trabalho tornasse uma batalha entre a vida e morte. Sua esperança era conseguir encontrar seu ex-marido e suas filhas na cidade vizinha, em que ele morava, mas ela não contava com o que enfrentaria para leva-las a fazenda Red Hill, que ela limpava nos fins de semana para o médico amigo; e em uma de suas conversas com as filhas dizia ser o melhor local para irem caso o mundo acabasse.
Nathan estava na fila de carros para pegar sua filha, ao ouvir o noticiário no radio sobre o alcance de novos casos, percebe há aglomeração dos pais então faz o mesmo. No caminho para casa ele observa o caos que a cidade se tornou, e quando finalmente chega em casa encontra um bilhete que sua esposa deixa, derrotado pega sua filha e segue até a casa do cunhado, não contava com o que aconteceu, então ele e sua filha enfrentam novos problemas e nesse meio conhece novas pessoas, que o leva a um único caminho, Red Hill.
Miranda, com sua irmã, cunhado e namorado, estavam indo a fazendo do pai, Red Hill, quando no caminho começaram a ver pessoas correndo loucamente, como se suas vidas dependessem disso, claro que não imaginavam que tudo o que estavam vendo seria sobre aquele noticiário, mas ao verem o primeiro zumbi, acabam se desesperando, e a luta entre a vida e a morte começa. No caminho até a fazenda enfrentam muita coisa, além de conhecer novas pessoas, mas a chegada em Red Hill, não significaria que tudo estaria bem, outras batalhas estão por vir.

Red Hill já começa prendendo a atenção, não deixando brecha para interrupções, pois a ansiedade de saber o que vai acontecer na próxima página deixa um tanto angustiante, com a expectativa muito alta, mas não por causada ação, haverá sim lutas, zumbis comendo e atacando, morte e etc. Mas no meu entendimento o foco era nos personagens, na luta deles com a sobrevivência e num novo começo de vida. Mostrando o lado despreparado de cada um.
Houve certas situações, que para aqueles que estão acostumados com o que a tv e cinema apresenta sobre os zumbis, acaba sendo muito fora do conceito, tornando impossível de acreditar, certas circunstâncias de cenas também deixaram a desejar por falta de explicação, do tipo, aconteceu e pronto. Mas levando para o lado que a autora é nova nesta onda e que ela queria mostrar o lado fictício se tornando real e assim apresentando, uma possível inexperiência dos personagens, me fez enxergar de outra maneira. Além do que, pesquisando no site da autora, ela já tem um spin-off intitulado Among Monsters, que relata outra perspectiva e mostra o outro lado da história.

Red Hill, é uma leitura leve, mantendo o conceito sobre os zumbis, suspense presente a cada página, romances levemente apimentados e uma dose pequena de ação e mortes. Se você leitor está iniciando na onda sobre zumbis, esta leitura será agradável, agora para os que procuram algo mais violento e sangrento, não vai gostar.
Leitura mais que indicada, apesar dos pontos negativos. Está preparado para a era apocalíptica zumbi?

Gostou? Então Curta e nos ajude ♥

9 comentários:


  1. Oiiii Ana quanto tempo tudo bem??
    Gosto muito de historias assim e filmes
    pesquisei na net para comprar ou baixar esse fiquei muito interessada em ler.será ainda melhor se for transformado em filme, acho que é assim que fala, ( adaptado) será o máximo rsrs

    beijos
    www.marichic.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!!

    Eu não li esse livro e na verdade conheci esse livro hoje por causa do clube e eu achei muito maravilhoso o fato das resenhas me fazerem imaginar a história .
    Não sou fã de histórias de zumbis nem filmes nem livros, mas eu acho que não é nem por ter medo só falta de interesse mesmo :(

    Gostei da sua resenha!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  3. oi flor, que mudança de enredo da Jamie, em Belo desastre um romance avassalador e em Red Hill uma trama apocalitica com zumbis e tudo mais! acho a proposta interessante e dinâmica, muito atrativa, mas não creio que fluiria para mim, essa coisa de zumbis e tal me deixa receosa, como sempre torço o nariz para esses elementos não creio que ia me aventurar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana, pelo visto você gostou da narrativa né? Porém eu não sou fã de Jamie Mcguire, desde que li Belo Desastre, seus personagens não conseguem me convencer muito menos seu enredo. Espero que ela tenha melhorada muito neste romance mas eu não lerei

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Eu adoro livros, filmes e séries de zumbis, mas acho que esse tema tem ficado muito pop, sabe? As pessoas estão inventando demais e isso acaba por tornar a leitura pouco proveitosa. São raros os casos que uma nova adaptação do mito me agradam, como foi o caso de Reboot, mas acho que não será o caso de Red Hill. Não gosto de livros narrados por mais de dois personagens, prefiro um só, no máximo dois, mas três é forçar demais HAHAHA. Vou ver se animo de conferir a obra quando tiver tempo livre.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Aninha, sua linda, tudo bem?
    Acabei de ler a resenha da Alice, que faz parte da liga sobre esse livro. Pelo visto você também achou que faltou um pouco de ação e que o livro foi muito leve para quem está acostumado com esse gênero. Como disse a ela, me surpreendi, esperava que o livro fosse tão bom quanto o Belo Desastre, que é um dos meus favoritos. Mesmo assim, como adoro uma história sobre epidemias, não tem como não ler. Acho que irei ficar nervosa enquanto eles não chegarem a essa fazenda. Tomara que eu goste do livro.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Esse foi o primeiro livro que eu li da autora e acho que comecei pelo errado =/
    ela não me convenceu muito nesse livro e acho que poderia te pensado mais em algumas situações, sem contar os acontecimentos do final que eu não engoli muito sabe.
    no mais é uma boa leitura, é leve e serve de começo para quem quer ler sobre zumbis, mas não é um dos melhores livros. perto dos outros é bem fraquinho.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  8. Oi Ana, tudo bem? Achei bem interessante a autora se aventurar em outros gêneros literários. Ainda não li nada sobre zumbis e acho que pelos pontos negativos não escolheria esse livro para começar, mas achei a história sobre o ponto de vista dos três personagens bastante interessante.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  9. Acabei de ler uma resenha sobre ele :D.seria um livro que leria, mesmo com todos esses furos que apareceram :D
    Acho que é bom o livro ser focado nas pessoas tentando sobreviver...
    Vai que acontece mesmo, né?
    Bjs
    Www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir