30 julho 2015

Rush Sem Limites - Abbi Glines

Resenha por: Ana Zuky
Título: Rush Sem Limites
Série: Sem Limites
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance / Drama
Subgênero: Novo Adulto
Paginas: 192
Ano: 2015
Compare e Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Nota:
Sinopse: Rush Sem Limites - Rush sem limites conta a história de Paixão sem limites sob ponto de vista de Rush.Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan.Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos.Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.

Rush Sem Limites é o quarto livro da série Sem Limites, composta pelos livros Paixão Sem Limites, Tentação Sem Limites e Amor Sem Limites da autora Abby Glines. Série lançada no Brasil pela editora Arqueiro.
Quem conhece a série Sem Limites, sabe que, este livro é um ponto extra, conta a mesma história, porém pela perspectiva de Rush, já que nos anteriores a história foi contada pela Blaire. E para vocês que ainda não se aventuraram, posso dizer que começar a leitura por este livro não vai atrapalhar, pois no prólogo o leitor terá um vislumbre breve de onde parou, para então, ele começar a contar como tudo aconteceu. Mas, se você pretende ler a série, pode encontrar spoilers.

Narrado em primeira pessoa, Rush conta sua versão, de como tudo aconteceu. Rush é filho único do famoso roqueiro Dean Finlay, mas vive com sua mãe e meia-irmã, Nan. Por seu status é ele quem sustenta a casa e dá os privilégios a elas. Ele carrega a responsabilidade, desde de cedo, sobre a irmã, e por isso contribuiu pela pessoa que ela se tornou, egoísta e fútil. Tudo aconteceu, por que sua mãe, Georgianna, sempre disse que o pai de Nan, a abandonou para ficar com outra família, fazendo com que Rush criasse uma aversão a suposta família e tomando sua irmã como filha. Porém, tudo começa a mudar com a chegada de Blaire Wynn, que após sofrer com a morte da mãe e não ter para onde ir, vai ao encontro do seu pai Abe, que as abandonou para viver com Georgianna. Blaire começa a despertar interesse de Rush, que com tempo cresce se transformando num sentimento mais forte, amor. Só que Rush esconde algo, e este segredo pode estragar tudo entre eles.

Rush sem limites foi o livro bem-vindo, ele finalmente desvendou o homem que antes não tinha oferecido muita coisa. Foi possível saber exatamente como tudo ocorreu, tornando justificável suas ações e atitudes, ainda que ele tenha oscilado durante a história.
Apesar de ter gostado do primeiro livro, este com certeza foi mais esclarecedor na minha concepção. Acontece que gosto dos esclarecimentos na visão masculina da história, onde o personagem mostra a situação crua e nua, sem muito floreio, tornando possível observar o crescimento do personagem, mesmo que por fora mostre ser o mesmo. Assim sendo, este livro entra para meus favoritos

A escrita de Abby é viciante, quem começa não consegue parar. A forma simples e esclarecedora é o que cativa o leitor, ainda que a história pareça clichê. Sua forma de relatar o amor, sem deixar que se torne forçado, é o ponto alto de sua escrita, nos levando a sentir as dores e paixões de cada personagem, até mesmo os secundários acabam nos seduzindo. E a forma de reescrever na versão masculina, foi uma surpresa, Abby conseguiu entrar na mente de seu personagem e revelar o Rush, antes desconhecido.

A diagramação continua similar, simples. Fontes em tamanho confortável para leitura, acompanhado de folhas amarelas. Revisão está impecável e a capa segue o padrão da série. Linda!

Quem gosta de romance, mais especifico Novo Adulto, vai se encantar com o drama deste casal que é envolvente e lindo. Leitura indicada as apaixonadas ou apaixonados de plantão.

Gostou? Então Curta ♥

12 comentários:

  1. Oie, tudo bem?
    Eu só li os dois primeiros volume dessa série e, apesar de Rush ser um personagem incrível, eu acabei deixando ela de lado. Eu não estava sabendo desse livro 'extra' sob a perspectiva de Rush, mas pela sua resenha, pude perceber que a autora explorou mais o personagem e respondeu algumas dúvidas em relação aos fatos. Realmente a escrita da autora é viciante, então tenho certeza de que se eu voltar a ler essa série, não vou parar até terminar ^^

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana, tudo bem?

    Eu acompanho a série Rosemary Beach e, dos livros publicados pela editora, só falta eu ler esse do Rush. Durante essa série percebi o grande amadurecimento dele, e quero saber quais eram seus pensamentos nesse primeiro livro, porque aquele segredo foi devastador né? Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana!!
    Sinceramente esse livro tem dois elementos que eu não curto: ostentação e uma pegada mais erótica. Por isso não o leria! Mas sei que tem muita gente que gosta desse gênero, por isso que temos tantos títulos por aí! Mas não faz o meu estilo! :)

    Beijos,
    Fernanda
    www.oprazerdaliteratura.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana, tudo bem?
    Eu gostei dos três livros que li dessa série, mas não o suficiente pra retornar à essa ambientação somente pra conhecer ponto de vista de Rush.
    No momento não tenho sinto necessidade dessa leitura, tudo que li na trilogia supriu o que eu precisava saber, mas é bom saber que a escrita da autora se mantém envolvente, e com certeza aqueles que se encantaram com Rush tem um motivo extra pra retornar a esse mundo.
    Ótima resenha.

    Beijos
    Leituras da Paty


    ResponderExcluir
  5. Oi Ana ^^ Para ser sincera eu prefiro os livros na perspectiva masculina pq eu sempre gosto mais do que da mocinha que faz o par do cara sabe?
    Eu ainda não tive coragem de ler esse ou o outro pq eu já li algo da autora que não me agradou nenhum pouco e fiquei de saco cheio. pretendo dar outra chance mas não sei quando sabe?
    gostei muito da sua opinião.

    ResponderExcluir
  6. Olá Ana,
    Tenho até o primeiro livro dessa série aqui em casa, mas depois de tentar ler por diversas vezes, me desinteressei. Mas para os fãs da série, deve ter sido um livro cheio de esclarecimentos e igualmente agradável. Vou ver se um dia desses dou outra chance para a Abbi, por todos elogios que vejo dela por aí.

    Beijos,
    Miss Sorrisos Blog
    Twitter|Wattpad|Instagram


    ResponderExcluir
  7. Olá Ana, essa é uma série que eu tenho vontade de ler, mesmo não lendo muito livros do gênero, falam tão bem dela que não tem como eu ignora-la *--* Adoro quando os autores resolvem lançar livros com a versão de um personagem mais "reservado" e parece que essa ficou bem legal.

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  8. Oii, sempre vejo as capas dessa serie mais nunca me interessei muito e nunca tinha lido nada sobre ele. Continuo não querendo ler por agora, quem sabe mais para frente? :D

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie,

    Já li os dois primeiros livros da série e parwi no comecinho do terceiro, eu sempre gosto de ver a história com o ponto de vista de um personagem diferente, assim permite você entender mais da história, vou confessar que não fui muito com a cara do Rush, mas eu já mudei um pouco o meu conceito sobre ele! As capas são lindas mesmo, pena que eu estou lendo em e-book.

    Mayla
    Meulivromeutudo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Ana, tudo bem?
    Preciso começar essa série logo, só leio elogios sobre ela. Adoro romances clichês e tenho certeza que irei me identificar. Fiquei mais feliz ainda em saber que a escrita da autora é viciante e que quem começa a ler, não consegue parar. Sua resenha me deixou ainda mais ansiosa.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Estou com uma certa preguiça desse livro porque não gosto do Rush. O que chama minha atenção é a nova visão do primeiro livro, mas apenas isso. O que mais curto na série é a escrita da Abbi.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem?
    Estou muito curiosa para ler esse livro, mas vou esperar terminar a trilogia primeiro. Também adoro ver a versão masculina da história, sempre acho mais interessante. E Rush é um personagem que me deixa muito curiosa, então tenho certeza de que vou amar a leitura.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir