21 setembro 2015

Onde o Amor se Esconde - Veridiana Maenaka

Resenha por: Ana Zuky
Título: Onde o Amor se Esconde
Autor(a): Veridiana Maenaka
Editora: Verus  
Gênero:  Romance / Drama
Subgênero: Romance de Época
Paginas: 350
Ano: 2015
Compare e Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Nota:
Sinopse: Onde o amor se esconde - Na São Paulo do início do século XX, a jovem Glória sonha com o amor, ao contrário de sua amiga Marisa, cujo desejo é viver tão livremente quanto os homens. Glória, de família tradicional, se casa com o homem escolhido por seu pai. Rico e ambicioso, porém emocionalmente distante, esse homem vê na esposa apenas uma prova de sua ascensão social. Incapaz de dar um herdeiro ao marido, Glória vive uma rotina de violência crescente, enquanto Marisa se casa com o pretendente que escolheu, um notório libertino. A infelicidade de Glória a torna suscetível à sedução de outro homem, e eles têm um encontro avassalador, marcado pela descoberta sexual da jovem. Envolvida em uma trama de luxúria, Glória pode conhecer um prazer jamais imaginado, mas será essa a sua chance de viver um grande amor? 


Onde o Amor se Esconde de Veridiana Maenaka é o romance de estreia da autora, lançado pela editora Verus, retrata a história de uma jovem, em pleno século XX na grande São Paulo.

Gloria, é uma jovem a flor da pele, com seus 17 anos está sendo cortejada pelo pretendente escolhido por seu pai, Erasmo Galvão. Ainda sentindo que seu futuro marido seja recluso a sentimentos, acredita que após se casar conseguira amar e ser amada. Contudo, o que encontra é humilhação e violência.
Sua melhor amiga, Marisa, desde de cedo mostra sua aversão para os costumes da época, e luta pelo seu direito como mulher. Sempre dizia a Gloria, que um dia se casaria com um homem que a entendesse, assim aconteceu. Na festa do casamento de Marisa, Gloria conhece Fernando, irmão do noivo, a atração é iminente, mas teima por causa de sua criação. Porém, após ser tratada como um objeto e logo em seguida ser violentada pelo marido, acaba se entregando a sedução, só que ela não contava que seria parte de uma armação, qual caiu como tola.
 Gloria agora tem uma longa trilha de pedregulhos e obstáculos para enfrentar, e ela contara com a ajuda de Marcelo, primo de Erasmo, para encontrar sua felicidade e encontrar a si mesma.

Surpresa foi o efeito que tive logo após terminar a leitura. Para quem sempre está lendo romances de época, que foram muitos, nunca crio expectativas, pois estou sempre esperando um romance fofo, uma história cheia de clichês com pequenos detalhes que fazem a diferença, mas este livro, foi diferente de tudo que já li do gênero. Tão grandioso e diferente, que ainda me pego, mesmo fazendo esta resenha, abismada e pensativa com a história.
A autora, Veridiana, não queria apenas fazer seus leitores suspirarem com o romance, ela também queria mostrar a dor, o sofrimento, o prazer e angustias de uma jovem, expondo o árduo caminho que ela trilha até encontrar seu “Felizes para Sempre”.
O cenário, a grande São Paulo, teve seu destaque, com detalhes e costumes de grande utilidade para imaginar e vivenciar a trama durante a leitura, assim como o drama, que foi narrado em primeira pessoa pela própria Gloria, tornando possível sentir cada grama de sua dor, e ao final se sentir realizado e finalmente aliviado.
Os personagens, que não foram poucos, são bem encaixados. É possível compreender o papel de cada um quando entram em cena, tornando-os importantes para a montanha russa de sentimentos.

Mesmo passando numa época onde tudo era diferente, a mulher seria apenas um objeto, uma conquista de status, onde era submetida a vários tipos de humilhação e tendo que aguentar tudo calada; ainda sim, em pleno século XXI, a cada esquina, casa, estado e país as mulheres continuam a passar pelas mesmas humilhações e violências citadas e mostradas nesta leitura.
Então, antes de se tratar de uma história ficcional e romance, a autora trouxe uma realidade cruel e desumana. E mesmo sendo um tapa na cara de sociedade machista, ela quer mostrar que podemos e devemos correr atrás de nossos direitos, mesmo que pareçam distintos.

A diagramação está simples, fonte em tamanho confortável acompanhado de folhas amarelas que proporciona uma leitura agradável. A revisão tem erros supérfluo, não atrapalhando a leitura. A capa tem o toque suave, a tornando linda e deslumbrante.

Para quem gosta do gênero, romance de época ou para aqueles que procuram uma história diferente, onde nada vem tão fácil assim, e nem tudo é um conto de fadas, o livro Onde o Amor se Esconde da autora nacional Veridiana Maenaka deve, com toda certeza, entrar na sua lista de leituras.

Gostou? Então Curta ♥

7 comentários:

  1. Oiee!!
    Faz um bom tempo que não leio um bom romance de época!!
    Acho que vou gostar em ler um romance com uma proposta diferente, que foge do famoso amor meloso e mostra realmente a maldade da humanidade em uma época antiga!!
    Sempre tem a mocinha a frente do seu tempo né!!
    Já foi correndo para minha listinha, capa muito linda!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Ana tudo bem?
    Para quem gosta do gênero, o livro é um prato cheio com toda certeza, ja esta anotado aqui na minha lista de ferias.
    Gostei muito da sua resenha e me fez ter vondade de ler também.
    Abraço
    www.marichic.com



    ResponderExcluir
  3. Uau! Parece ser um livro chocante!
    Apaixonada por romances de época como sou, com certeza vou adicionar mais esse na minha lista de leitura *-*
    Adoro esses que são super diferentes e conflituosos.. Estou super curiosa! hahaha

    Beijinhos ;*
    http://www.guardiadebibliotecas.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana, tudo bem??
    Menina... curti demais a proposta desse livro e assim como você... eu espero sempre um romance regado de clichês nos romances de época, acho que é por isso que sempre me surpreendo em sua maioria quando os leio... fiquei completamente consternada pela protagonista... a mulher nessa época não tinha vez e nem voz... e isso me deixa indignada... acho que eu seria uma perdida nessa época, porque minha filha... calada eu não fico diante de um povinho machista que é isso kkkkkk. Gostei muito da resenha Ana e acredito que essa leitura vale muito a pena... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Eu não consigo me identificar com romances. Tenho muitas amigas que adoram romances de época inclusive, mas não é meu estilo. Minha colunista adora, então vou indicar a leitura para ela. Legal saber que é de uma autora nacional. Fico muito contente quando eles ganham destaque nos blogs literários.
    Parabéns pela resenha :)
    Beijos
    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  6. Oi Aninha, sua linda, tudo bem
    Acho super importante os autores usarem seus livros para denunciarem situação inaceitáveis, como a violência contra a mulher. Essa personagem sofreu muito, espero que o final feliz dela compense tanta dor. Não achei correto ela trair o marido. Se ela se apaixonasse, já que o marido dela é um monstro e fugisse com outro homem, para se salvar, aí sim. Mas preciso ler para entender o contexto. Dica mais do que anotada. Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oooooi, Ana!
    Uauuuuu, um romance de época que se passa em São Paulo! Preciso ler isso!
    O fato de o livro abordar algo que, infelizmente, não saiu de moda - o machismo -, só me deixou ainda mais curiosa. Gosto de livros que nos dão um empurrãozinho para percebermos que em pleno século XXI, as coisas estão longe de ser ideia. Muita coisa mudou desde a época descrita no livro, mas muitas outras estão por mudar.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://www.confissoesfemininas.com/

    ResponderExcluir