23 outubro 2015

Pulsação - Gail McHugh

Resenha por: Ana Zuky
Título: Pulsação #2
Duologia: Tensão
Autor(a): Gail McHugh
Editora: Arqueiro  
Gênero: Romance
Subgênero: Erótico
Paginas: 352
Ano: 2015
Compare e Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Pontuação:
Sinopse: Emily Cooper sempre pensou que iria se casar e viver ao lado de Dillon Parker. Porém, após conhecer Gavin Blake, toda essa certeza foi por água abaixo. Arrebatada pelo sexy empresário, ela se entregou a uma paixão avassaladora, mas que logo foi abalada por uma dolorosa revelação.Mesmo com o fim do tórrido relacionamento, Emily percebe que está disposta a arriscar tudo para ficar com o homem que domina seus pensamentos e sonhos desde o dia em que se conheceram. Agora ela só pode se apegar à esperança de que Gavin ainda a deseje, apesar de todos os seus erros e defeitos. Com o coração partido, Gavin se isola da sociedade e se fecha em um mundo autodestrutivo. Emily não está acostumada a ser forte, mas terá que encontrar dentro de si a coragem e a confiança necessárias para lutar por seu amor e trazer Gavin de volta.Neste desfecho da série, os leitores ficarão ainda mais apaixonados por Emily e Gavin, envolvidos em uma jornada de perder o fôlego e acelerar a pulsação.


Pulsação de Gail Mchugh é o segundo livro dando fim a duologia Tensão, romance lançado pela editora Arqueiro.

Narrado em terceira pessoa vamos descobrir que fim será dado ao romance de Emily e Gavin, porem ela acabou tomando decisões, no livro anterior, fazendo com que Gavin sentisse derrotado e desacreditado no amor. Levando ele a enfrentar seus demônios o mais longe possível de tudo e todos.
Agora, sabendo exatamente o que deseja, Emily, corre contra o tempo para encontrar ele e mostrar que o ama. Ainda que ela mostre todo seu amor, será possível este amor vencer os obstáculos que surgem?

Minha ansiedade para saber o grande finale deste dois foi como um bom banho de água fria. Ainda que o inevitável clichê, tão descarado, não tenha tirado minha expectativa, esperava surpresas com o desenrolar de toda história sofrida desses dois.
O que refleti sobre a história de ambos, Emily e Gavin, é que são egoístas e nenhum admite seus erros, discordando quase sempre sobre algo ou sentimento. E não bastasse, a vida de ambos se resumia em sexo.
Neste momento eu me perguntava cadê a trama, a história que os levaria para o “felizes para sempre”. Por que na verdade o que senti foi que ambos tinham uma química perfeita quando o assunto era sexo, mas quando era sobre a vida que poderiam ter, tinha sempre algo que os deixava indecisos, como se o amor e vida a dois fosse algo impossível.
Talvez, na minha opinião, tenha sido a falta de uma boa construção de personalidade para esses personagens e na trama que tenha deixado tão sem graça e, um tanto, confuso. E por fim, ter me decepcionado.

Porém, caso o leitor tenha dúvidas, até porque quando alguém diz não ter gostado sempre desperta o interesse para saber a razão, aconselho ler e tirar suas dúvidas. Porque esta é minha opinião, uns podem gostar e outros não. Cada um tem sua forma de refletir. Mas comigo a experiência não foi tão boa.

O livro foi imprensado com diagramação simples, fontes em tamanho confortáveis para leitura e páginas amarelas. A revisão está impecável e capa com toque sensual, que na minha opinião é linda!

A duologia Tensão e Pulsação é o tipo de leitura para quando o leitor não espera muito, ou seja, que não esteja ansioso para grandes acontecimentos; ou para aqueles que adoram um bom romance picante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário