30 março 2016

Obsidiana - Jennifer L. Armentrout

Resenha por: Ana Zuky
Título: Obsidiana #1
Saga: Lux
Autor(a): Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina  
Gênero: Romance / Fantasia
Paginas: 320
Ano: 2015
Compare e Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Nota:
Sinopse: Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra... Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão... Bem, algo aconteceu... Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha "luz" extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro.

O recomeço, deveria significar algo. Uma nova chance a vida, viver feliz. Isso era a expectativa da mãe de Katy ao se mudar para West Virginia, logo após a morte do marido. Contudo Katy, não estava animada, mas precisava dar créditos a mãe em sua tentativa. Isso ate a própria exigir que, Katy, se esforçasse em fazer amizade com os vizinhos.
A tentativa de fazer amizade fora um tanto constrangedora, deixando Katy boquiaberta ao ser recebida por uma tentação em músculos e beleza, por Daemon. Não bastava ele ser bonito, um deus, seria perfeito demais; ele era um babaca, dizendo coisas que a levou se sentir constrangida, com fúria o suficiente para estrangular ele.
Depois de sua tentativa fracassada e vergonhosa, se dirigiu ao mercado onde conheceu a Dee, irmã de Daemon, e também tendo momentos de esquisitice. Desde este momento Katy, teve que suportar Daemon, mas também construiu com Dee, a amizade que a mãe tanto exigiu, mas se não bastasse isso, muita coisa estaria para acontecer, um tanto inacreditáveis.

Eu poderia dizer agora, como uma amante dos seres sobrenaturais, que estaria entregue aos amores a esta história. Sério, como alguém pode gostar de um alien? Ele sendo um deus que causaria qualquer impacto de profundo desejo a qualquer garota em sã consciência. Não, isso não basta, ele ainda é bem convencido, como gostar de um ser assim? Pois é, me perguntei como em vários momentos, mas aconteceu. Estou completamente apaixonada por um alien feito de luz.
A construção deste personagem, com sua personalidade marcante, mesmo sendo um tanto grosseiro e se achar demais, foi o que fez toda a diferença na hora de conquistar. Ainda assim, entre tantos aspectos, ele tem por baixo de sua personalidade, aquele “que” encantador.
Sua criação foi baseada no velho clichê dos bad boys, aqueles que tantas leitoras se derretem, misturando ao ser sobrenatural, nada comum em nosso mundo literário, alienígenas. Uma combinação perfeita, claro isso não seria perfeito sem a agilidade da escrita da autora, que nos envolve nesta trama cheia de fantasia, ação e romance, que por sua vez acontece aos poucos, não forçando o leitor a engolir qualquer faceta.
Mas não é somente deste personagem que o livro fala, temos a Katy, uma personagem aparentemente parece delicada e nerd. Por que? Ela ama ler, alguém notou a semelhança aí? Tem um blog literário, e sofre com a perda do pai. Mas não se engane, ela tem uma personalidade forte que marca presença, um tanto desbocada e diz o que vem à cabeça. Não atura as tiradas de Daemon, mas no fundo se derrete em sua presença. Pode parecer a “mocinha clichê”, porém, apenas lendo para entender melhor o que falo.
Também temos Dee, a irmã de Daemon, sendo carente por amizade e encontra em Katy o que tanto deseja. Personagem encantadora, delicada, mas que vai surpreender no final. Lesa e Carissa, amigas conquistadas na nova escola, mesmo não sendo bem abordadas tão profundamente, é aquele tipo de personagens que te conquista, fazendo pensar que terá mais delas nos próximos livros.

A trama com uma pitada de ação, foi bem elaborada e desenvolvida para deixar o leitor ansiando para saber o que virá na próxima página. Apesar de ter ação, achei que faltou mais empenho na construção deste detalhe, a verdade é: esperava por mais ação. Mais luta de corpo, ou luzes. Outro detalhe que me deixou um pouco desanimada, foi a falta de “mais pegação” entre os personagens principais. Pessoas, não tirem conclusões sobre minha pessoa, não sou tarada – talvez só um pouco – mas queria ver eles sendo mais atirados, quem sabe a Katy provocando Daemon e deixando ele chupando o dedo para ver como é bom. Rs

Poderia ficar aqui contando todos os detalhes só para fazer vocês sentirem a necessidade de ter, tipo agora, o livro. Mas não vou ser cruel, parando por aqui. Contudo, não tem como dizer de forma, menos empolgada, para vocês lerem. Leiam. Leiam e venham comigo sentir esta necessidade louca de ter a continuação e muito mais de Daemon.
Gosta de fantasia, ama um bom romance jovem...? Não pode deixar de conferir esta história.

12 comentários:

  1. Oiii, tudo bem?
    Eu gostei muitooooo da sua resenha. Obsidiana é um livro bem diferente do que costumo ler, e durante a sua resenha pude perceber o quanto gostou da obra, percebe-s a quantidade de comentários que possui.
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Fico tão contente quando veja uma resenha bacana desse livro. Ver que ele acabou conquistando a maioria das pessoas ♥
    eu acho a história super bacana e fofa apesar dos clichês. Daemon me conquistou desde a primeira cena e eu sempre o achei mais engraçado do que um chato todo bad boy HAIUOHHAUI tenho sérios problemas de interpretação, pelo jeito; Mas no final ele se mostra de verdade. ♥
    Beijos
    Sil - Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  3. Li esse livro no final do ano passado e adorei!
    A história foi bem além do que eu imaginava e a leitura fluiu super bem. Foi uma surpresa incrível e estou contando os dias para o lançamento do segundo!
    Logo de cara eu quis dar uns tabefes e Daemon. Ele é MUITO irritante, achava que não iria conseguir simpatizar com ele em momento algum. Mas aí o coração amoleceu e me vi gostando dele e daquele jeitinho rabugento e meio grosseiro.
    Confesso que estava esperando uma trama com foco maior no romance, me surpreendeu a quantidade de ação e adorei isso! Espero gostar muito da continuação.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana!

    Eu com certeza não sentiria falta de mais pegação entre os personagens principais, muito pelo contrário, rs, isso que você não curtiu muito pra mim é um ponto super a favor do livro! hahaha... Mas sobre você desejar mais ação, aí é algo que provavelmente vou concordar. De qualquer maneira, amo fantasia, amo romance jovem, e estou louca para ler este livro desde que foi lançado!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  5. É a primeira vez que leio algo mais detalhado desse livro. Vou confessar: não gosto dessa capa. É feia e desinteressante, mas aprendi a não desprezar uma obra por isso é essa está na minha lista há um tempão.
    Bem, por causa da sua resenha que foi excelente, vou colocar a obra mais pra cima na lista hahahahahaha
    Parabéns. Me convenceu mesmo.

    >> Vida Complicada <<

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não sou muito fã de fantasia, por isso acho que não é para mim um livro com deuses, aliens, seres sobrenaturais. Pois por mais que eles possam ser bem construídos pelo autor, não consigo mesmo construi-los dentro da minha imaginação. Por isso, fica impossível a leitura.
    Quando você menciona que faltou um pouco de ação e mais pegada dos personagens principais, fiquei ainda mais desanimada!
    Espero que goste muito mais da continuação.
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie...
    Eu adoro livros em que o leitor fica ansiando pelas próximas páginas, isso só demostra que o livro é realmente bom!
    Adorei sua resenha e sim, fiquei com vontade de ter os livros em mãos rsrsrs...
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu sou apaixonada por tramas sobrenaturais, e essa está nos meus desejados desde antes de lançar, só não li ainda porque quero esperar sair mais volumes da série. rsrs
    Que pena saber que faltou um pouco mais de ação. Quem sabe no próximo isso não melhore? rs
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Oiiiiii, tudo bem????
    Confesso que esse tipo de livro não é muito a minha cara :P
    E fiquei meio assim com romances com ets desde que li a 5ª Onda kkkk. Vampiros, lobisomens e tudo mais, até rola um amorzinho, mas alienígenas? É demais para mim :3
    Mas que bom que você curtiu. É tão bacana quando um livro nos conquista desta forma, não é mesmo?
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Aninha, tudo bem?
    Eu também sou apaixonada por esse alien lindo e maravilhoso. Obsidiana me conquistou de uma forma impressionante e fiquei encantada pelos personagens. Para mim tudo foi na medida certa, mas acredito que os próximos livros terão mais ação e mais pegação, principalmente por causa do final né? Enfim, louca para ler Valentina lançar o próximo volume e eu ter mais de Daemon e Katy.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bom?
    Só vi elogios a esse livro até hoje! Acho super legal o ser sobrenatural do livro ser um alien, porque isso é uma coisa que eu realmente nunca tinha visto na literatura até hoje e fiquei curiosa. FAla porque ele esta aqui na Terra?
    Eu já acho bom não ter pegação rs acho meio chato essas coisas quando em excesso e tal.
    beijo

    ResponderExcluir
  12. Ei, tudo bem?
    Eu vi muitos comentários divergentes sobre a história, mas a premissa é tão bacana e tem tantos elementos que eu gosto que estou bem animada para lê-lo. Ver o quanto você curtiu a leitura me deixa esperançosa de que eu também aproveite a leitura dessa maneira.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir