Lançamento Novo Conceito - Fevereiro




SkoobSinopse: Cam Cooper passou os últimos sete anos entrando e saindo de hospitais. Ela sabe que está doente e condenada à morte. A última coisa que quer fazer na curta vida que lhe resta é viajar mais de 1.500 km para Promise – um lugar conhecido por seus eventos miraculosos. É inegável que coisas estranhas acontecem em Promise. Então, Cam encontra uma antiga lista – que ela mesma fez – com dez itens para fazer antes de morrer. Enquanto Cam cumpre cada orientação da lista, ela finalmente começa a acreditar no amor, em si mesma, e até mesmo em milagres. Cam encontra o que estava procurando, mesmo sem saber.

SkoobSinopse: Algumas coisas valem a pena esperar. Algumas coisas valem a pena experimentar. Algumas coisas não devem ser mantidas em silêncio. E, por algumas coisas, vale a pena lutar. Avery Morgansten precisa fugir. Ir para uma faculdade a centenas de quilômetros de casa foi a única forma que encontrou para esquecer o acontecimento fatídico que, cinco anos antes, mudara a sua vida para sempre. O que não estava em seus planos era atrair a atenção do único rapaz que pode mudar totalmente a rota do futuro que Avery está tentando construir. Cameron Hamilton tem impressionantes olhos azuis e uma habilidade notável para fazer com que Avery deseje coisas que ela acreditava terem sido roubadas irrevogavelmente dela. Envolver-se com ele é perigoso. No entanto, ignorar a tensão entre eles — e despertar um lado dela que nunca soube que existia — é impossível. Até onde ela estará disposta a ir e o que fará para esquecer o passado e viver aquela relação intensa e apaixonada, que ameaça ruir todas as suas certezas e fazê-la conhecer um mundo de sensações que julgava estar negadas para sempre?

SkoobSinopse: Bibi Tatto retorna ao Minecraft para uma aventura ainda mais eletrizante! Um Intruso invadiu o Novo Mundo criado por Bibi e ameaça detoná-lo caso a youtuber gamer mais conhecida do Brasil não encontre o avatar do seu irmão, Gagui, que foi sequestrado e está preso em algum lugar desse universo digital. Mas para isso, Bibi terá que enfrentar os desa os do mundo virtual e desvendar uma série de enigmas deixado pelo caminho enquanto tenta descobrir quem é o misterioso invasor entre os milhões de inscritos que a seguem. Assim como no primeiro livro, Bibi Tatto enriquece as páginas da nova história com segredos e momentos divertidos de sua vida, enquanto nos apresenta uma aventura digna das melhores séries do Minecraft!

SkoobSinopse: ELAS ESTÃO CHEGANDO! As Lendas (ou melhor, monstros aterrorizantes que se alimentam de humanos) invadiram a cidade de Darkmouth. Elas querem dominar o mundo. Mas não entre em pânico! Finn, o último dos Caçadores de Lendas, vai nos proteger. Finn tem doze anos, adora animais, não leva muito jeito para lutar; mas é muito, muito esforçado. E todos nós sabemos que ser esforçado é a melhor arma contra um Minotauro faminto, né? HUM... PENSANDO BEM, PODE ENTRAR EM PÂNICO. ENTRE EM PÂNICO AGORA! CORRA! ELE NASCEU PARA SALVAR O MUN DO. OH, NÃO! Existem cidades onde o limite entre o nosso mundo e o mundo dos monstros – que na verdade se chamam Lendas – é muito estreito. Darkmouth é uma dessas cidades. É lá que mora Finn, fillho do último dos Caçadores de Lendas. Em breve, então, o próprio Finn será o último dos Caçadores de Lendas. O problema é que... ele é um asco. E, para piorar as coisas, o líder das Lendas está planejando uma invasão terrível e de nitiva que começará exatamente por... Darkmouth.

0

Diário de um Zumbi do Minecraft: Parceiros e Rivais - Herobrine Books


Sinopse: A vida de um zumbi no ensino fundamental não é nada fácil.Seu zumbi de Minecraft preferido está de volta! (Falando sério: vai dizer que você conhecia outros?)Se você achava que o Ender Dragon e os golens de ferro eram perigosos, não imagina como é o dia a dia na Escola Monstro. Principalmente quandoMike Magma, o valentão da escola, une forças com Mutante, o aluno novo de 2 metros de altura com o peito do tamanho de uma casa.Nosso amigo zumbi será capaz de deter os valentões? E se conseguir, vai continuar inteiro para contar a história? Junte-se ao nosso herói, sua namorada, Sally Cadáver, e seus amigos Esquely, Slimey e Creepy para a derradeira batalha de suas vidas... uma partida de QUEIMADO!Prepare-se para mais emoção e mais sustos neste segundo volume!

Resenha: O menino Zumbi não terá que lidar com suas mentiras desta vez, não. Seu desejo é ser popular na escola, por isso convida os amigos de sua escola para irem na sua casa jogar Plants vs Zumbies, que ganhou do amigo humano Steve. Mas a situação não foi bem o que o menino Zumbi esperava, todos os amigos sairam de sua casa transtornados e horrorizados com o jogo. As chances que antes eram pequenas, agora se tornaram nulas para o menino Zumbi ser popular.
Porem se não bastasse ter que lidar com o fracasso, menino Zumbi, tera que lidar com Mike, o malvado da escola, que se tornou amigo do aluno transferido, um zumbi mutante. Juntos vão infernizar a vida do menino Zumbi.


Diante das situações engraçadas e atrapalhadas deste menino Zumbi que Herobrine Books trás nesta historia, ele decide abordar um assunto que atinge a maioria dos jovens na escola, o Bullying. Mostrando de uma forma suave, já que muitas crianças vão ler este livro, o quanto grave é está pratica e suas consequências. Herobrine também mostra a forma de lidar com este tipo de situação.  



Indico a leitura deste livro, assim como a serie toda. Ela serve para nossos pequenos, mas os adultos também vão se deliciar e aprender. Não é só divertimento, a historia oferece reflexão, sobre certos assuntos, para quem está lendo. Borá lá começar a leitura!


Resenha por: Ana Zuky
Título: Diário de um Zumbi do Minecraft: Parceiros e Rivais #2
Autor(a): Herobrine Books
Editora: Sextante  
Gênero: Infantil
Paginas: 112
Ano: 2015
Compare e Compre: Buscapé
Adicione: Skoob
Nota:
0

Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar - Sarah Maclean

Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

Gênero: Romance de Época │ Paginas: 384 │ Ano: 2016 │ Editora: ArqueiroSkoob Buscapé

Resenha: Calpúrnia Hartwell seguia a risco o que era esperado de uma dama. Porem, já com 28 anos, o que para época é considerado uma solteirona, não conseguiu arranjar um partido, á não ser os interessados em seu dote, e ela não deseja um casamento sem amor, queria o seu “felizes para sempre”.
Cansada de esperar, tinha feito tudo conforme a sociedade e família tinha imposto, de ficar sempre na reserva vendo as moças serem chamadas para dançar, decidiu – se revoltar - fazer uma lista com nove regras. Quebrando todas as regras, o que seria um choque – escandaloso – para a sociedade. Uma das nove regras era ser beijada, mas não qualquer beijo, ela queria aqueles de deixar as pernas bambas e o coração acelerado. Quem melhor para ajudar ela nesta regra se não o libertino e sedutor, Gabriel St. John, por quem Cúlpurnia era, também, apaixonada. Contudo, este beijo não será de graça, em troca Cúlpurnia devera ajudar a meia-irmã de dele, Juliana, ser apresentada a sociedade. O acordo foi fechado, mas não contavam que aproximação deles faria Gabriel, ver a moça com outros olhos, brotando em seu, rebelde, coração o sentimento chamado amor.

Não tive o prazer de conhecer a escrita da autora Sarah Maclean antes, mas fico feliz que foi através desta leitura. A escrita leve, com personagens hilários e marcantes em sua personalidade, me proporcionou um entretenimento inesquecível.  Estou encantada!
Sem mencionar que a forma de apresentar os personagens, com características fora dos padrões de uma sociedade, injusta e preconceituosa, que exigia das mulheres muito mais que um dote, surpreende. Cúlpurnia por exemplo, não é magra e tão bela, e nem por isso se deixou abalar. Mesmo podendo ser uma solteirona, provaria para si que era merecedora, por isso criou as regras, não se importando com ninguém, a não ser em sua felicidade. Se for para ser solteirona, seria com estilo. Conforme a personagem vai realizando cada regra, vai revelando ao leitor o quão bela é.
Gabriel, não foge dos padrões “mulherengo e sedutor”, mas por detrás de tudo isso pode encontrar um homem sofrido que usa seu estilo de viver como uma muralha, não deixando ninguém ultrapassar e ter a oportunidade de machuca-lo. Porem, a cada regra que ajuda Cúlpurnia realizar, a muralha vai se desfazendo, deixando a moça entrar um pouquinho mais em seu coração. É tão belo ver o sentimento tomando conta deste personagem, que a torcida fica grande.

A diagramação é simples, acompanhada de folhas amarelas e fontes com tamanho adequado para uma leitura confortável. A revisão está boa, não encontrei nenhum erro, e a capa tem um toque suave que lembra um romance de época.

Poderia falar muito mais sobre o livro, mas acabaria soltando spoilers. Este romance, levemente, sensual, aborda drama familiar, faz reflexão sobre uma sociedade cruel e para não deixar pesado o enredo, uma pitada de humor é acrescentada. Leitura indicada para todos que adoram ler um bom romance.
0

A Caminho do Altar - Julia Quinn

Sinopse: Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece. O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la. Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele? A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.

Gênero: Romance de Época │ Paginas: 320 │ Ano: 2016 │ Editora: ArqueiroSkoobBuscapé

Resenha: A saga os Bridgertons chega ao fim. Claro que estou bem, por que não ficaria... Quem está enganando. Não, eu não estou legal. Não consigo aceitar o fim desta família que me fez rir, apaixonar, suspirar e sonhar. Engraçado como uma historia pode nos envolver a ponto de nos fazer sentir como parte da família. Isso sem mencionar a falta que a matriarca desta família, mesmo com suas esquisitices ensinou valores e de quebra deu conselhos maravilhosos... Ah, que falta vai fazer. Porem, como tudo que é bom sempre acaba só nos resta aceitar, mesmo com pesar no coração.
Gregory Bridgerton, o caçulinha da família, acreditava no amor e no casamento. Viu todos seus irmãos terem um casamento feliz e por isso, agora, ansiava por sua vez. Gregory acredita que saberá quem é a moça certa quando a encontrar, e por este caminho ele seguiu, mas não foi exatamente como esperava.
Este livro me lembrou do velho ditado: Nem tudo que reluz e ouro. Isso por que ele se apaixonou pela nuca de uma dama. A dona desta nuca é Hermione Watson. A convicta certeza dele de finalmente ter encontrado a moça certa, o levou a caminhos nunca percorridos, teria que provar a Hermione seu valor, já que ela afirmava estar apaixonada pelo contador de sua família. Para isso ele contara com a ajuda da Lucinda Abernathy - Lucy para os amigos -, uma jovem que nunca foi cortejada, porem esta de casamento marcado; ela sabe que o casamento não será baseado no amor, mas acredita que se casará bem. Lucy aceita prontamente ajudar Gregory, já que o partido da amiga, em sua opinião, não é um dos melhores.
Nesta jornada, Lucy consegue perceber que um casamento sem amor não é exatamente o que ela deseja, e Gregory se pega confuso com seus sentimentos.

Como mencionei no inicio, esta historia me lembrou do velho ditado, por causa da paixão repentina, que começa com a nuca, sem ao menos conhecer a moça. E por causa desta paixão cega, quase deixou o verdadeiro amor escapar por entre os dedos. Achei engraçado e interessante à autora abordar o amor desta forma, por que me fez lembrar quando era adolescente e achava que estava amando quando não passava de um simples encanto. Rs
Os personagens fogem do velho clichê dos romances de época. Desta vez o personagem masculino acredita no amor e no casamento, sem medo. Não precisando ser mulherengo ou sedutor. E a personagem feminina, já não é tão destemida e forte, e sim submissa, pensando nos outros e esquecendo-se de si. Sua felicidade é agradar e ajudar a todos. Porem quando começa ajudar Gregory, ela começa ver sua vida por outro ângulo, ha fazendo desejar mais e crescer como mulher.
O final deixou a desejar. Já que os acontecimentos foram corridos. Talvez, por ser o ultimo, a autora deveria ter caprichado melhor no desenvolver deste romance, dando aos personagens, e a nós leitores, tempo para absorver tudo e se deliciar um pouco mais.
A diagramação é simples, folhas amarelas e fontes em tamanho confortáveis para leitura. A revisão está boa, e a capa continua com o padrão da saga, porem com toque que faz lembrar os romances de época.

Mesmo diante deste final corrido, me diverti, amei e suspirei. Ate porque estamos falando da família Bridgerton ❤
0

Um Beijo Inesquecível - Julia Quinn

Sinopse: Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga.Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele.Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo.

Gênero: Romance de Época │ Paginas: 272 │ Ano: 2016 │ Editora: Arqueiro SkoobBuscapé

Resenha: Hyacinth Bridgerton, é a filha caçula das mulheres, sendo assim, ela presenciou seus irmãos se casarem com quem realmente amam. Todos sendo felizes e prósperos. Então deseja casar e ser feliz quanto os irmãos, mas após varias temporadas de debutantes, não conseguiu achar seu par perfeito, não por falta de pedidos, pois houve muitos, porem não era exatamente o que desejava.
Sem deixar se levar pelo desanimo, Hyacinth continua com sua vida, uma das coisas que faz e dava prazer era ir à casa de Lady Danbury, uma senhora que não é bem vista pela sociedade, já que não tem papas na língua e fala o que vem a cabeça, ler para ela. Em uma de suas visitas, Hyacinth conhece Gareth St. Clair, neto da Lady Danbury, um homem com a fama de sedutor. Gareth encontrou o diário de sua vó, mas esta escrita em Italiano, uma língua desconhecida para ele, é precisa de alguém de confiança para traduzir o diário, quando ele descobre que Hyacinth sabe um pouco do idioma, acaba pedindo ajuda para ela. Por causa do diário, ambos são levados a um mistério que os aproxima fazendo um conhecer ao outro. Em meio a trancos e barrancos um sentimento floresce.

O que me encanta nos romances de Julia Quinn, é a forma que ela faz o certo combinar com o errado. Dois personagens com personalidades diferentes acabarem encontrando um no outro a fórmula certa da química. O que proporciona ao leitor uma inesquecível historia de amor. Claro que certas características dos personagens nunca mudam, mas quem não gosta do clichê. Porem, conforme a historia vai se desenvolvendo, esses personagens vão sendo revelados, se nota o quão foram machucados e por este motivo acabam vestindo a carapuça que foi dada a eles. Então, quando os vemos crescer e amadurecer da certa satisfação e orgulho. Isso acontece geralmente com os personagens masculinos, assim aconteceu com o Gareth.
Já com Hyacinth, como não adora-la. Uma mulher destemida, voraz e forte. Não tem medo da sociedade. Fala o que vem a cabeça, pode parecer ate uma mulher mimada por sua teimosia, mas sabe exatamente o que deseja.

O romance é lindo de ver florescendo, mas o livro não se trata somente disso, ele trás drama, ironia com uma pitada de sarcasmo, o que deixa a leitura bastante engraçada, e mistério, o que faz o leitor se tornar um detetive intrometido.

A diagramação é simples, folhas amarelas e fontes em tamanho confortáveis para a leitura. A revisão está boa e a capa segue o padrão da saga, com um toque de época.
A saga os Bridgertons, me deixa a cada leitura pasma e maravilhada. Sempre desejando mais. Venha se divertir suspirar e ver Hyacinth ficar sem palavras, ela sem palavras é como papai-noel sem o saco de presente. Rs
Leitura recomendada!
0